Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Destaque Empresas & NegóciosMarca de skincare brasileira tem 100 mil pessoas na lista de espera para seus produtos

Marca de skincare brasileira tem 100 mil pessoas na lista de espera para seus produtos

  • Written by:

Com pouco mais de seis meses de existência a Creamy virou febre entre as beauty junkies.

Lançada em novembro do ano passado e com um catálogo de (apenas!) dois produtos, a Creamy se tornou assunto quente entre as beauty junkies por suas fórmulas superconcisas a preços mais acessíveis. “A Creamy é uma marca jovem, e das embalagens às fórmulas minimalistas busca mostrar para nosso consumidor que cuidar da pele é, além de necessário, simples e divertido”, explica Gabriel Beleze, nome à frente da marca e também fundador da Skelt Cosmetics.

À base de alfa-hidroxiácidos, os produtos são desenvolvidos no Brasil e vendidos exclusivamente no e-commerce próprio. “Como dermatologista eu sentia a dificuldade de achar no mercado nacional opções que fossem eficientes e com boas concentrações de ácidos a preços justos”, explica Luiz Romancini, médico dermatologista e cofundador da marca. “Muitas vezes eu acabava recorrendo a fórmulas manipuladas como alternativa às comerciais, mas quando trabalhamos com ativos instáveis como os ácidos, por exemplo, esses produtos acabam tendo sua qualidade comprometida se a manipulação não for perfeita”, explica o médico. “Na Creamy conseguimos criar fórmulas com altas concentrações de ativos a preços acessíveis, deixando de lado fragrâncias e ingredientes sensoriais”, completa.

O Creme 10% AHA Ácido Glicólico + Niacinamida promete hidratar profundamente a cútis e auxilia na uniformização de tonalidades e textura. O ácido glicólico induz a produção de colágeno pelas camadas mais profundas da pele e a niacinamida age no controle do brilho e oleosidade. Já o Gel 7% AHA Ácido Mandélico + Alfa-arbutim é composto por dois ativos clareadores que tratam manchas e esfoliam superficialmente a pele dando um boost no brilho e firmeza. Mesmo que recomendados para todos os tipos de pele, as mais sensibilizadas devem ter cuidado extra durante o uso.

“O ácido glicólico é o ácido mais estudado na dermatologia. Ele é comprovadamente muito eficaz na estimulação da produção de colágeno e aumenta a densidade da pele. Já o ácido mandélico é um ativo recém-chegado no mercado brasileiro, mas extremamente potente para tratamento de manchas de acne e melasma, por exemplo” explica Luiz sobre a escolha dos ingredientes. Os produtos são veganos, não testados em animais e a marca tem o selo EuReciclo para compensação ambiental das embalagens.

Em decorrência da pandemia, os produtos estão esgotados na plataforma de venda, mas a expectativa é que, até o fim do próximo mês, os estoques sejam repostos. A fila de espera no e-commerce já soma mais de 100 mil pessoas e até o fim do ano a marca pretende lançar mais quatro produtos. Uma internacionalização da Creamy também está entre os planos dos fundadores.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Vogue 22.06.2020

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros