Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Ciência e Tecnologia Radar55% das pessoas não sabe limpar a pele corretamente

55% das pessoas não sabe limpar a pele corretamente

  • Written by:

Estudo da Cerave feito em 11 países, incluindo o Brasil, revelou erros comuns no ritual de limpeza do rosto

Como você faz a limpeza diária da sua pele? Aproveitando o contexto atual em que a higiene rigorosa se tornou parte do dia a dia, CeraVe realizou um estudo exclusivo por meio do Instituto Ipsos para conhecer melhor a rotina de limpeza facial de 5.500 pessoas em 11 países, incluindo o Brasil. Nas pesquisas, foi comprovado que 70% das pessoas acredita saber a frequência com a qual deve lavar o rosto, no entanto, menos da metade acerta. Além disso, 40% não sabe que tipo de produto de limpeza é melhor para seu tipo de pele – o que destaca a necessidade de mais conhecimento e educação sobre o assunto.

“Este estudo destaca uma contradição no cerne dos rituais de limpeza da pele em todo o mundo. Apesar das boas intenções e dos altos níveis de confiança sobre as práticas de limpeza da pele, um número significativo de pessoas está mal informado e, simplesmente, tem uma ideia errada. A pesquisa também demonstra como os resultados dessas descobertas variam entre países, gêneros, grupos de idade e níveis de ensino”, destaca Penelope Giraud, diretora geral da CeraVe.

Cultura de cada país influencia nos conhecimentos sobre limpeza de pele

A pesquisa feita por CeraVe nos EUA, Reino Unido, Alemanha, França, Espanha, Polônia, Rússia, Tailândia, Austrália, México e Brasil ouviu 500 homens e mulheres de 18 a 60 anos em cada país e, a partir disso, conseguiu mapear como é a relação com a limpeza da pele em diferentes culturas. Os brasileiros, por exemplo, entendem como proteger sua barreira cutânea: sabem mais do que a média sobre a importância do nível de pH em um produto de limpeza facial (80% deles), ou os danos causados por água excessivamente quente (78%), mas relatam mais dúvidas do que média sobre a forma correta de limpar o rosto (59%), ou que não deveriam usar sabonete para mãos no rosto (apenas 29% sabe que é prejudicial).

Por outro lado, tailandeses, australianos e americanos sabem o que fazer no ritual de limpeza, mas não fazem. Apesar de estarem bem informadas, essas nacionalidades não lavam suficientemente o rosto (1,6 vez ao dia para americanos e 1,5 vez ao dia para australianos) ou lavam demais a face (2,2 vezes ao dia para os tailandeses) e cometem erros relacionados a bactérias e barreira cutânea ao não trocarem os lençóis por 2 semanas e lavarem a face com água excessivamente quente, por exemplo.

Nos outros países, mexicanos, poloneses e russos querem uma pele limpa, mas negligenciam a importância da barreira cutânea. Os britânicos, por sua vez, erram em quase todas as frentes – de todas as nacionalidades, são os mais propensos a admitir que não sabem o que é a barreira da pele (47%), e mais propensos a dizerem que está tudo bem se não lavarem o rosto todas as noites (43%). Junto com a Austrália, o Reino Unido é o país que limpa com menos frequência (muito abaixo da quantidade recomendada de duas vezes ao dia) com 1,5 vez ao dia em média.

Falta de conhecimento é obstáculo para uma limpeza de pele eficiente ao redor do mundo

Embora a limpeza da pele possa parecer uma rotina simples, o estudo de CeraVe revelou muitos mitos difundidos entre as mulheres – e ainda mais entre os homens. Por exemplo, 2 em 5 homens usam apenas água para lavar o rosto, e 38% acredita que “qualquer sabonete serve”. No geral, 4 em cada 10 pessoas admitem que não sabem que tipo de produto de limpeza facial é melhor para seu tipo de pele, e apenas 29% consultou um especialista para confirmar seu tipo de pele e qual seria o passo a passo de cuidados essenciais.

A falta de conhecimento, por sinal, é principalmente em torno da frequência de lavagem necessária: 29% dos homens não lava o rosto antes de dormir por não achar necessário – no entanto, 2x por dia (manhã e noite) é o que os dermatologistas recomendam. Ao mesmo tempo, a limpeza excessiva também é um erro frequente: 33% dos entrevistados acreditam na afirmação incorreta de que quanto mais se lava o rosto, mais limpo ele fica. No entanto, as gerações mais velhas têm maior probabilidade de ter bons hábitos: apenas 59% dos jovens de 18 a 20 anos lavam o rosto pela manhã, contra 74% dos entrevistados com idades entre 51 a 60 anos.

“Os fundamentos da limpeza facial (como duas lavagens diárias e nutrição para a barreira da pele) ainda são mal compreendidos por uma ampla gama de pessoas em todo o mundo”, reforça Dra. Michelle Henry, dermatologista em Nova York. “Este estudo destaca a necessidade de mais conhecimento e educação sobre as práticas de limpeza do rosto, bem como a opinião de especialistas, o que é um passo essencial para um cuidado adequado da pele”, finalizou.

 

 

 

 

 

 

Fonte: L’Oréal 06.11.2020

Comments are closed.

Parceiros 2020

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros