Visit us on TwitterVisit us on FacebookVisit us on LinkedIn
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Artigos TécnicosOXISENSE® R 1051 – Solução para reparação e proteção em produtos para cabelos danificados

OXISENSE® R 1051 – Solução para reparação e proteção em produtos para cabelos danificados

  • Written by:

Infinitas possibilidades, zero preocupação com os danos

Ao longo da história, é possível identificar uma determinada época apenas pelo estilo de cabelo. O estilo escolhido para o cabelo também pode ter uma ligação com a ancestralidade, sendo uma forma de resgatar os valores dessa ligação e empoderar-se. Essa profunda relação entre cabelo, personalidade e autoestima faz com que ele seja uma forma de expressão de identidade e liberdade, representando pensamentos, estilo de vida e crenças.

Para colocar em prática essa expressão da individualidade, as pessoas estão constantemente submetendo seus cabelos a uma série de tratamentos e rotinas que resultam em danos à sua estrutura e, consequentemente, à perda de seu aspecto saudável. Atualmente, cerca de 30% dos lançamentos globais de produtos para cabelos buscam resolver necessidades do consumidor relacionadas à danos[1]. A alta e constante taxa desses lançamentos é um indício da crescente demanda por inovações nesta categoria de produtos, sempre com a mensagem de possibilitar ao consumidor a tão desejada liberdade para fazer o que bem quiser com os seus cabelos, protegendo-os ou recuperando-os quando necessário.

Danos à estrutura dos fios

As intervenções químicas (como a descoloração, tingimento, alisamento), mecânicas (lavar, pentear, texturizar) e térmicas (chapinha, secador) podem levar a um aspecto de cabelo pouco saudável. Esses danos são ainda agravados pela exposição à poluição e à radiação ultravioleta, ou mesmo ao envelhecimento natural. Todas estas fontes de danos podem remover a camada lipídica do cabelo, deixando-o com aspecto seco; podem acarretar maior hidrofilicidade e prevalência de cargas negativas na superfície dos fios, resultando em formação do frizz; podem fragmentar e elevar as cutículas, contribuindo para a falta de brilho e dificuldade em pentear. Em níveis de dano mais avançados, o córtex fica exposto podendo haver perda de suas proteínas, principalmente a queratina, formada pelos aminoácidos essenciais como Arginina, Glutamina, Alanina e Cisteina que garantem o aspecto saudável do cabelo.

Reparo e Proteção com OXISENSE® R 1051

Para proporcionar ao consumidor a total liberdade em modificar os seus cabelos sem serem penalizados pelos danos à estrutura dos fios, produtos de tratamento cosmético podem auxiliar em seu reparo e proteção. Visando reparar a superfície das fibras, selar as cutículas, melhorar a penteabilidade e reter as proteínas do interior do cabelo, deixando-o mais forte e protegido contra danos, a Oxiteno introduz ao mercado o seu novo agente condicionante OXISENSE® R 1051. O OXISENSE® R 1051 é uma tecnologia exclusiva patenteada e possui um mecanismo sinérgico de deposição e substantividade no cabelo para a entrega de benefícios relacionados ao reparo e proteção de cabelos danificados. O OXISENSE® R 1051 é biodegradável, dermatologicamente testado e fácil de ser incorporado em toda a linha de produtos para cabelo.

Reparando as cutículas e restaurando o manuseio

Danos extremos são causados por procedimentos sucessivos aos cabelos. A Figura 1 mostra a ampliação de um fio de cabelo natural que foi danificado e então tratado com uma rotina (shampoo, condicionador, creme para pentear) contendo 2% de OXISENSE® R 1051. O tratamento resultou em uma topografia regular, apresentando menos fraturas, menos elevações e cutículas seladas, com o efeito reparador do OXISENSE® R 1051 que se deposita na superfície dos fios. [1] Mintel GNPD, 2019.

Figura 1. Teste instrumental por Microscopia Eletrônica de Varredura (magnificação de 750 vezes na região central do fio) de mechas danificadas por 6 passos: descoloração, atos de pentear, primeiro tingimento, chapinha, segundo tingimento e secador de cabelo. Cabelos caucasianos tipo I foram tratados com Shampoo (11,2% SLES; 0,4% CAPB; 3% NaCl; 2% OXISENSE® R 1051), Condicionador (3% Cetearyl Alcohol; 0,5% BTAC, 2% OXISENSE® R 1051) e Creme para Pentear (2,5% Catearyl Alcohol; 0,3% BTAC; 0,5% Paraffinum Liquidum; 2% OXISENSE® R 1051) em 3 ciclos de lavagem.

A reparação se reflete em menos embaraços e maior facilidade em pentear os cabelos, restaurando o seu manuseio. A Figura 2 apresenta a melhoria de 72% na penteabilidade de cabelos tratados com OXISENSE® R 1051.

Figura 2. Teste instrumental de penteabilidade úmida com 10 mechas de cabelos caucasianos tipo III danificados por descoloração. Foram testados Shampoo Controle (9,5% SLES; 2,5% CAPB) versus Shampoo contendo 2% de OXISENSE® R 1051 ao longo de 5 lavagens.

Protegendo contra a perda de proteínas e deixando o cabelo mais forte – Quanto maior o grau de danos à estrutura do cabelo, maior a perda de proteínas essenciais de seu interior. Os resultados dos cabelos danificados após a aplicação de OXISENSE® R 1051 apresentaram resultados de proteção 2,5 vezes maior contra a perda de proteínas, prevenindo contra danos futuros como apresentado na Figura 3.

Figura 3. Teste quantitativo de proteínas extraídas. Foram testados Condicionador Controle (4% Cetearyl Alcohol; 1% Paraffinum Liquidum; 0,5% BTAC; 0,3% Ceteareth-20; 0,15% Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride; 0,1% Glicerina) versus Condicionador contendo 2% de OXISENSE® R 1051 ao longo de 5 lavagens em mechas de cabelo caucasiano tipo I.

Cabelos mais íntegros com menor perda de proteína são cabelos mais fortes. Fios quebradiços são uma das principais queixas de consumidores portadores de cabelos danificados. A Figura 4 mostra que o tratamento com OXISENSE® R 1051 resultou em cabelos 3 vezes mais resistentes à quebra de fios, comprovando-se que um cabelo reparado e protegido é mais resistente à quebra.

Figura 4. Teste instrumental de resistência à quebra por abrasão. Mechas de cabelos caucasianos tipo III foram submetidas a 3 ciclos de lavagem e posterior 10000 atos de pentear. Foram testados Shampoo Controle (9,5% SLES; 2,5% CAPB); Condicionador Controle (4% Cetearyl Alcohol; 2% BTAC) e Condicionador com 1% de OXISENSE® R 1051.

Para informações visite o site da Oxiteno.

fsmip_meta_s_enable_floating:
yes
fsmip_meta_s_enable_post_icons:
yes

Comments are closed.

Parceiros 2021

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros

Animated Social Media Icons Powered by Acurax Wordpress Development Company