Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Destaque Empresas & NegóciosSegurança sanitária coloca em cheque a experiência de beleza no varejo

Segurança sanitária coloca em cheque a experiência de beleza no varejo

  • Written by:

Covid-19 acelera novas soluções para substituir testers

Por Estela Mendonça

Grande parte dos varejistas de beleza no mundo todo permanece fechada ou inicia a abertura das portas com uma série de restrições, mas é certo que esses negócios nunca mais terão o mesmo contorno que apresentavam quando foram obrigados a fechar por conta da pandemia do Covid-19. Verificações de temperatura, máscaras obrigatórias para clientes e funcionários e regras rigorosas para experimentação de produtos estão entre as mudanças que os varejistas de beleza terão pela frente.

Um dos grandes desafios será adotar estratégias e práticas mais seguras de higiene para substituir as formas tradicionais de testes de produtos nos pontos de venda, que darão lugar a amostras individuais, que ofereçam aplicações únicas e seguras em várias categorias, especialmente fragrâncias, maquiagem e cuidados com a pele.

Amostras individualizadas

Daniel Almeida, diretor comercial do Adhespack Group, empresa brasileira que oferece tecnologias de amostragem, analisa que, em virtude da pandemia do Covid-19, ficará evidente a necessidade de amostras individualizadas. “A tendência são as soluções de amostragem em que o cliente tenha uma experiência mais segura e higiênica e também que sejam minimizados os riscos de contaminação”.

Ele também prevê que, com a revitalização do consumo de cosméticos, haverá uma demanda maior de amostras.  “É uma demanda importante para completar a jornada de compra do cliente. Mesmo que a compra seja online, mas a experimentação ainda é feita no off-line”, afirma. Almeida aposta ainda na expansão das compras e de experiências de amostras por sistemas autônomos. “Nosso formato de consumo vai mudar bastante nos próximos meses e anos”.

Volney Camargo, CEO executivo do Adhespack Group, que mantém representantes no Reino Unido, Itália e Espanha e escritório próprio em Madri, avalia que na Inglaterra, Espanha e em outros mercados europeus a tendência de redução dos testers já vinha se firmando, mas a pandemia vai acelerar esse processo de substituição por amostras individuais.

“Já recebemos várias consultas de parceiros europeus em busca de soluções para substituir os testers”, conta Camargo. Por aqui, as lojas ainda permanecem fechadas, mas o Adhespack Group também vem sendo consultado por grandes empresas do mercado de beleza interessadas em alternativas de experimentação.

Adhespack Scent Crystal

Tecnologia pronta

Na tradicional forma de experimentação de batons e perfumes, o tester fica na loja e várias pessoas compartilham, facilitando a transmissão de germes e vírus. “Tanto os produtos, como a superfície das embalagens ou das tiras olfativas podem estar contaminados”, alerta Sergio Picciarelli, diretor de marketing e inovação do Adhespack Group. “Nossa tecnologia já pode substituir o tester”, afirma.

Segundo o executivo, o Self Sampling distribui amostras automaticamente em pontos de vendas e locais com alto fluxo de pessoas. As amostras, mais higiênicas e de uso único, podem conter perfumes, loções e itens de maquiagem, como batom. “Na amostragem de batom, por exemplo, a pessoa retira um card e a amostra é só dela para ver a cor e a textura, sem ter que compartilhar”.

Outra vantagem apontada é que a pessoa recebe junto com a amostra informações sobre o produto. “Também é possível imprimir um QR code para o consumidor fazer a compra diretamente no ponto de venda com desconto ou acessar posteriormente o e-commerce da marca e receber em casa”, ressalta Picciarelli. Como a máquina está conectada, são gerados relatórios em tempo real, com informações como número de unidades por loja ou por produto, por exemplo.

Volney Camargo, Sergio Picciarelli e Daniel Almeida

Sensor de aproximação

A empresa já está se preparando para os novos tempos com adaptações no Self Sampling para garantir ainda mais segurança sanitária. Picciarelli adianta que o acionamento touch será o substituído por sensor de aproximação. “A pessoa não vai precisar nem tocar na tela para retirar sua amostra”.

“Acredito que esse tipo de amostragem é uma tendência que vai crescer muito, não só nos pontos de vendas, mas também no e-commerce, unindo o online com off-line”, prevê, lembrando a dificuldade que é para o consumidor comprar um perfume ou uma maquiagem sem experimentação. Isso por que, muitas vezes, as pessoas compram um perfume e devolvem com o lacre violado porque não gostou, gerando prejuízo. As amostras, além de reduzirem os prejuízos das devoluções, também ajudam a aumentar as vendas no e-commerce.

Por conta da previsão da alta da demanda, a empresa também acelerou o projeto Digital Sampling. Antes de comprar, a pessoa solicita uma amostra e recebe em casa para testar. Se gostar, pode escanear o QR code no verso da amostra para acessar o e-commerce da marca. “Todo esse processo é gerenciado pela Adhespack. Produzimos as amostras, cuidamos do estoque, da distribuição e fazemos um acompanhamento digital para verificar se a pessoa recebeu a amostra, se escaneou e se acessou o site da marca. Geramos também relatórios de tudo isso”, explica o executivo.

Outra solução da empresa são os cards com amostragem de fragrância, maquiagens ou cremes, que podem ser distribuídos no PDV, enviados pelo correio ou colados em catálogos e revistas. Além do Self Sampling, do Digital Sampling e dos cards, o Adhespack Group ainda oferece diversas alternativas para amostragem como sachês, flaconetes e bisnagas.

Adhespack Self Sampling

Conexão com os consumidores

Certamente, as marcas terão que buscar cada vez mais maneiras de se manterem conectadas com os consumidores  para alavancar as vendas online.  A Glow Recipe, marca de inspiração k-beauty, por exemplo, lançou nos Estados Unidos seu primeiro programa de amostragem digital e oferece aos fãs a oportunidade de experimentar um de seus produtos que ainda será lançado, enviando uma “amostra de laboratório ultrassecreta”, juntamente com os pedidos online acima de US$50. Para o consumidor, é a chance de experimentar um produto antes de todo mundo. Outras marcas também já adotam a prática de enviar amostras juntamente com todos os pedidos.

De acordo com pesquisa da Mintel sobre varejo de beleza realizada nos Estados Unidos, 53% dos jovens da geração Y (entre 25 e 32 anos) afirmaram ter comprado produtos de beleza ou de cuidados pessoais na Amazon nos últimos 12 meses, sendo que 43% dos consumidores citaram amostras de produtos como motivação para mais compras de beleza online e 23% apontaram recompensas pelo engajamento online como algo que também incentivaria essas compras.

“O impacto total dessa crise de saúde pública ainda está por ser determinado, mas algumas coisas permanecem certas: padrões de limpeza, amostragem e o processo geral de compras serão alterados para sempre”, conclui Lauren Goodsitt, analista sênior global de beleza e cuidados pessoais da Mintel.

Comments are closed.

Parceiros 2020

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros