Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Empresas & NegóciosThe Body Shop dá vida ao ativismo na loja de Cingapura

The Body Shop dá vida ao ativismo na loja de Cingapura

  • Written by:

Anita Roddick fundou a The Body Shop em 1976 com a visão de colocar as pessoas e o planeta em primeiro lugar, defendendo o que é certo e sendo uma força do bem na indústria da beleza.

A L’Oréal adquiriu a  The Body Shop  em 2006 no auge de seu sucesso, mas de alguma forma sob o guarda-chuva da L’Oréal, a marca perdeu o rumo. A Natura adquiriu a marca da L’Oreal em 2017 em um negócio de US$ 1,1 bilhão e, sob o portfólio da Natura, a marca está voltando às suas raízes ativistas. Culturalmente é a melhor opção para a Natura, que tem se dedicado a práticas de negócios éticas e ecologicamente corretas desde sua fundação em 1969.

Jessie Macneil-Brown, chefe de ativismo global, disse na época da aquisição: “Uma das minhas missões é transformar a Body Shop [lojas] em centros ativistas. As pessoas amam as pessoas, essa é a natureza humana, e queremos fazer parte da nossa comunidade. Estamos trabalhando em todas as maneiras de fazer isso na loja”.

O lançamento da loja Activist Workshop em Cingapura, na ION Orchard, é a articulação da visão das lojas físicas para se tornarem centros de educação, campanha e lobby, trazendo o propósito da marca à vida e dando às pessoas mais motivos para visitar. O espírito ativista foi reacendido, inspirando os visitantes de que “agora, mais do que nunca, o mundo precisa de corpos fortes e confiantes”.

A loja ION Orchard foi reinventada para reacender o espírito ativista da marca The Body Shop. O primeiro conceito desse tipo incentiva os visitantes a explorar, reciclar produtos e descobrir como, juntos, podemos lutar por um mundo mais justo e bonito. “É hora de esfregar nossos corpos e esfregar o mundo. Juntos, somos imparáveis”.

Como reflexo do compromisso da marca com a sustentabilidade, a loja foi projetada com propósito e funcionalidade reais em mente. Os materiais foram adquiridos com responsabilidade, reaproveitados, reciclados e reaproveitados. Instalações com acessórios feitos de material verde, como madeira recuperada e plástico reciclado para minimizar o impacto ambiental. O zinco foi escolhido para a fachada porque requer menos energia para ser produzido do que outros metais, e as superfícies da bancada EKOply são fabricadas com material 100% reciclado destinado a aterro.

A DIY Gifting Station  incentiva os clientes a serem criativos ao embrulhar seus presentes e personalizá-los com selos e adesivos divertidos e modernos.

Activist Bay é um aprendizado que permite aos consumidores mergulhar nas raízes ativistas e na paixão por incitar a mudança da The Body Shop. A estação de água permite que clientes sedentos se hidratem em movimento ou encham garrafas reutilizáveis.

Esta loja foi transformada em um espaço que abraça a mudança social e a conscientização. O conceito permite aos visitantes descobrir as raízes ativistas da The Body Shop, educá-los sobre as iniciativas atuais da marca e incentivá-los a como se envolver e se posicionar junto a um coletivo global e local de ativistas destemidos e inquietos

 

 

Fonte: Beauty Matter – 09/09

Comments are closed.

Parceiros 2020

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros