Visit us on TwitterVisit us on FacebookVisit us on YoutubeVisit us on LinkedIn
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Destaque Internacional RegulatóriosComissão Europeia impõe novas restrições para três substâncias de silicone: D4, D5 e D6

Comissão Europeia impõe novas restrições para três substâncias de silicone: D4, D5 e D6

  • Written by:

O órgão europeu impôs novas restrições aos siloxanos D5 e D6 em todos os produtos cosméticos, tanto os enxaguáveis quanto os não enxaguáveis.

A Comissão Europeia está se tornando mais rigorosa com as silicones. O órgão europeu impôs novas restrições aos siloxanos D5 e D6 em todos os produtos.

As novas limitações foram publicadas no Diário Oficial da União Europeia e entrarão em vigor a partir de 6 de junho de 2027. A Comissão Europeia limita a concentração da silicone conhecida como D5 a um máximo de 0,1% em produtos cosméticos não enxaguáveis. No caso do D6, também é estabelecida uma concentração máxima de 0,1%, tanto em produtos enxaguáveis quanto nos que não são enxaguados, com a mesma data de entrada em vigor: 6 de junho de 2027.

De acordo com a Agência Europeia de Substâncias Químicas (ECHA), essa medida visa proteger o meio ambiente, uma vez que essas substâncias são muito persistentes e bioacumulativas.

Já em 2018, a ECHA categorizou a silicone D4, também conhecida como octametilciclotetrasiloxano, a D5 e a D6 como três substâncias muito persistentes e bioacumulativas. Além disso, a D4 foi classificada como tóxica pela Comissão Europeia e proibida em 2018.

No mês passado, a União Europeia estabeleceu novos limites para o retinol de acordo com as novas diretrizes. A concentração dessas substâncias não deve exceder 0,05% de equivalente de retinol (ER) em loções corporais e 0,3% de ER em outros produtos cosméticos, tanto os enxaguáveis quanto os não enxaguados. Esse limite foi estabelecido após identificar que, embora a contribuição dos produtos cosméticos para a exposição global à vitamina A seja baixa, há uma preocupação significativa para os consumidores que já obtêm altos níveis de vitamina A por meio de fontes alimentares e suplementos, especialmente os 5% da população com maior exposição.

 

 

 

 

 

Fonte: Nextin Beauty Mag 27.05.2024

Parceiros 2021

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros

Social Media Icons Powered by Acurax Social Profile Design Experts