Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Euromonitor Inteligência de MercadoNavegando pela incerteza: seis temas sustentam evolução no mercado de consumo

Navegando pela incerteza: seis temas sustentam evolução no mercado de consumo

  • Written by:

Euromonitor analisa quais mudanças serão permanentes ou temporárias

De mudanças permanentes a mudanças temporárias, seis temas centrais estão transformando os mercados de consumo, conforme o comportamento, os valores e as prioridades mudam à luz da pandemia COVID-19. A situação atual exige agilidade, decisões corajosas e foco. As empresas devem se concentrar nas mudanças no comportamento e nos valores do consumidor que irão durar além da pandemia. Em um mundo em rápida evolução, pesquisas e percepções continuam mais importantes do que nunca.

Da sustentabilidade ao propósito: o triplo resultado final

A sustentabilidade não caiu no esquecimento como alguns inicialmente supuseram que aconteceria. Em vez disso, houve uma mudança brusca em direção ao “propósito”, uma visão mais holística da sustentabilidade. Na verdade, 45% dos entrevistados em nossa Pesquisa Voice of the Industry de junho acreditam que a atenção dada à maneira como as empresas tratam os funcionários e consumidores durante a pandemia COVID-19 se tornará permanente. Encontrar um equilíbrio sustentável entre as pessoas, o planeta e os lucros, o chamado triple bottom line, junto com uma comunicação aberta e empática, autenticidade e transparência, é essencial para a recuperação dos negócios e a sobrevivência pós-bloqueio.

Hometainment e o novo consumidor experiencial: a casa é onde está

Hometainment trata de consumir coisas que antes eram consumidas fora de casa, em casa. Seja assistindo a um show virtual dentro de um videogame ou comprando um aparelho que replica a experiência de ir ao balcão de maquiagem de uma loja de departamentos, os consumidores serão apresentados a novas experiências em casa. Esta tendência é anterior ao COVID-19, mas claramente está vendo uma aceleração hoje. O desafio para as empresas é que experiências fora de casa tendem a exigir um prêmio – um show custa mais do que uma assinatura anual do Spotify; um café pode custar £ 3-4 em um café. Gerar os mesmos retornos em experiências caseiras é um desafio.

Onde e como os consumidores compram: a nova missão de compras

Onde e como os consumidores compram viu claramente uma grande mudança, beneficiando visivelmente o varejo online. Os serviços de assinatura também cresceram, com os consumidores valorizando a conveniência, a entrega em domicílio, o fornecimento ininterrupto e o aspecto de descoberta e experiência dos serviços. A nova missão de compras visa àqueles consumidores que estão voltando às lojas e shoppings procurando entrar e sair rapidamente, reduzindo a frequência de viagens e planejando com antecedência. Isso tem um impacto particularmente forte em setores que dependem de compras por impulso, como beleza e moda. Os varejistas locais viram um benefício, pois as compras locais, em locais menos lotados e mais fáceis de alcançar, tornaram-se atraentes para o comprador avesso ao risco e ciente da multidão.

Bem-estar redefinido: Bem-estar como um antídoto para a incerteza

Em tempos de incerteza, muitos consumidores olham para o bem-estar como um antídoto para o estresse e as tensões da vida. Adicione a isso o fato de que a crise atual é uma crise de saúde, então a importância atribuída ao bem-estar é ainda maior. Com o colapso do crescimento econômico em muitos países, essa prioridade será equilibrada por uma maior ênfase no valor e na qualidade. Produtos que aumentam a imunidade, bem como aqueles que promovem a calma interior e o bem-estar mental, são particularmente procurados. Os serviços de saúde digitais cresceram em popularidade. Além de ser um centro de entretenimento, a casa se tornará cada vez mais um centro de bem-estar.

Inovação e o novo “núcleo”: Mudar as prioridades cria oportunidades

A inovação de novos produtos tem estado no centro das estratégias de crescimento das marcas FMCG na última década. No entanto, as restrições de uma recessão econômica global severa e potencialmente prolongada, juntamente com uma crise de saúde pública severa e incerta, não convidam a oportunidades óbvias para assumir riscos. No entanto, uma janela de mudança de prioridades, preferências de canal em evolução e ocasiões recém-estabelecidas (cada vez mais, em casa) deve ser abordada para que marcas e varejistas permaneçam competitivos no longo prazo. A inovação deve permanecer no centro do crescimento para empresas de bens de consumo, apesar de um pipeline reduzido e uma abordagem mais focada.

O “novo normal”: da esfera pública à privada

A nova normalidade vê os consumidores gastando mais tempo e dinheiro em casa e dentro de casa, e menos fora de casa, com uma mudança do público para o privado. Muitas tendências já testemunhadas irão se acelerar, entre elas a digitalização e o crescimento do e-commerce. Novas rotas para o mercado, como o direto ao consumidor, também crescerão em importância e os consumidores buscarão produtos e serviços locais. No entanto, alguns consumidores sofrerão “fadiga do mundo virtual”, por isso é importante a médio e longo prazo permanecer inovador no mundo real, com foco na saúde, funcionalidade e qualidade para superar as pressões de preço.

Agilidade, inovação e escolhas ousadas são necessárias para sair da crise

Não há dúvida de que COVID-19 transformou o cenário econômico e de consumo. Mudou a forma como nós, consumidores, vivemos, trabalhamos e fazemos compras. Uma contração nos gastos, em meio à pior recessão global desde a Grande Depressão, terá um impacto claro no desempenho dos mercados de consumo, com os consumidores reavaliando suas prioridades de maneira semelhante ao que fizeram no rescaldo da Crise Financeira Global. As empresas precisam focar em agilidade, inovação e estar dispostas a fazer escolhas ousadas para identificar bolsões de crescimento e atender às necessidades das tendências que vieram para ficar. A base dessas escolhas ousadas deve permanecer como pesquisas e percepções acionáveis.

Para obter mais informações sobre os seis temas, baixe o relatório complementar Como os mercados de consumo se envolverão após o Coronavirus?

Comments are closed.

Parceiros 2021

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros