Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Destaque Matérias EspeciaisConceito de hairceuticals chega aos produtos de massa

Conceito de hairceuticals chega aos produtos de massa

  • Written by:

Não mais restritos à prescrição médica, cresce a demanda de produtos voltados à saúde dos cabelos e do couro cabeludo

Por Estela Mendonça

O mercado global de hair care começa a ascender para um novo patamar, ao tornar acessível ao mercado de massa o conceito de hairceuticals, termo formado pela junção das palavras “hair” (cabelo) e “pharmaceutical” (farmacêutico), uma óbvia associação entre cosméticos e medicamentos. É claro que produtos de hair care com apelo de medicamento já faziam parte do portfólio das farmacêuticas e das marcas de dermocosméticos; o notável é o número de lançamentos nos últimos anos de produtos premium e de massa que passaram a incorporar tecnologias inovadoras, ingredientes naturais, medicinais e de performance, ampliando seus claims para além da higiene e beleza e passando efetivamente a combater problemas capilares como queda, afinamento e ressecamento dos fios.

Essa tendência deverá estar no topo das prioridades nos próximos anos para os fabricantes de produtos de hair care, mercado que respondeu por vendas globais de US$ 78 bilhões em 2019, um crescimento de 16,1% em relação a 2014, quando o faturamento chegou a US$ 67,2 bilhões e que deve atingir US$ 81,7 bilhões até 2024, segundo a Euromonitor International, já considerando os impactos da pandemia de Covid-19.

O Brasil, quarto maior mercado do mundo em consumo, ranking liderado pelos Estados Unidos, já dá sinais de acompanhar essa tendência. Em 2019, as vendas, por conta da crise econômica, assinalaram uma queda 2,3%, comparadas a 2014, atingindo R$ 22,04 bilhões, mas, mesmo considerando a pandemia, a Euromonitor espera um tímido crescimento de 1,8% nos próximos cincos anos, com vendas chegando a R$ 22,44 bilhões em 2024.

Novos alvos

Para a Factor-Kline, as alegações de cuidados com a pele estão realmente começando a influenciar a categoria de cuidados com os cabelos, com foco no couro cabeludo. “As marcas de cosméticos têm cada vez mais destacado em seus lançamentos benefícios de limpeza suave, ações prebióticas e probióticas, extratos de algas, ingredientes multifuncionais, renovação celular, funções de barreira protetora, hidratação, estimulação do crescimento, ação antipoluição e novas formas de tratamento da caspa”, observa Juliana Bondança Pereira, gerente de projetos da Factor-Kline.

Amanda Caridad, especialista sênior de beleza e cuidados pessoais da Mintel, durante a in-cosmetics Virtual, no início de outubro, falou dos impactos da Covid-19 nos hábitos de consumo de produtos de hair care e enfatizou a busca de produtos que promovam bem-estar para compensar todo o estresse que a pandemia trouxe. “Algumas marcas reagiram de forma bem rápida ao momento, criando produtos para o couro cabeludo estressado ou com probióticos para equilíbrio do couro mais sensível. Também adotaram ações de relacionamento, como canais de diálogo sobre ansiedade ou oferecendo meditação guiada através das redes sociais. É uma forma de se conectar com as pessoas e mostrar que elas não estão sozinhas”.

 

Para todo mal, a cura

Mesmo durante a pandemia, e talvez até por causa dela, muitas marcas lançaram produtos pelo mundo que enfatizam cuidados mais complexos. Com foco no fortalecimento dos cabelos, Seda, da Unilever, marca líder de mercado no segmento de produtos para os cabelos, acaba de lançar a linha Recarga Natural Bambu e Biotina, voltada para o fortalecimento dos fios. Com ingredientes para atender a demanda crescente dos consumidores por produtos que reduzam a queda, fortaleçam os cabelos ou ajudem no crescimento. Entre os ingredientes, destaque para o bambu, que é rico em aminoácidos e tem como principal benefício a reconstrução e retenção da hidratação natural dos cabelos. Já a biotina, muito conhecida no mercado da beleza, é uma vitamina, dá força e proporciona fios ainda mais resistentes a quebras e pontas duplas.

Rafael Turziani, gerente de marketing de Seda

“A chegada da linha Bambu e Biotina vem ao encontro ao atual momento que estamos vivendo, já que a busca por palavras como crescimento e queda dos cabelos se intensificaram durante o período de isolamento social. Seda sempre buscou democratizar tendências e agora não poderia ser diferente. Fomos atrás dos melhores ingredientes para entregar um produto de qualidade, com foco em custo benefício para os nossos consumidores”, ressalta Rafael Turziani, gerente de marketing de Seda.

Cabelos mais densos

Lançada em setembro, a linha Nutrição Fortalecedora, da Flora OX Cosméticos, reúne um blend de óleos africanos (Tamanú, Baobá, Moringa, Black Cumim e Opuntia) com óleo de coco e peptídeos de aveia. Segundo Cintia Fuchs, diretora de Pesquisa e Desenvolvimento da OX, esse blend de óleos exóticos ajuda a nutrir e encorpar a cutícula capilar, enquanto os peptídeos da aveia deixam os fios mais densos e fortes, para cabelo crescer forte e como consequência, ficar mais longo.

‘Skinification’

O mais recente lançamento da Neutrogena, marca da Johnson & Johnson, nos Estados Unidos, a linha Healthy Scalp, defende o benefício clinicamente comprovado de limpar e hidratar o couro cabeludo. O lançamento ilustra bem a crescente “skinification” e o apelo de saúde.  São quatro variantes de shampoos e condicionadores com ingredientes essenciais para a pele, como ácido hialurônico, água micelar, tea tree oil e pink grapefruit.

Equilíbrio e resistência

A Natura também promete um novo sistema de tratamento para cabelos oleosos com eficácia no sintoma e na causa da oleosidade, tratando tanto o fio quanto o couro cabeludo, com a nova linha Natura Lumina Cabelos Oleosos. Para os fios, a Biotecnologia Pró-teia dos preenche o fio de dentro para fora, dos microporos do córtex à cutícula. Já o ativo antioleosidade atua no sintoma, eliminando a sensação de cabelo pesado e o aspecto de cabelo sujo, e na causa do problema, regulando as funções do couro cabeludo, reduzindo a produção do sebo, fortalecendo seu equilíbrio e aumentando assim sua resistência aos fatores externos e internos.

Supercondicionador

A aposta da Colgate-Palmolive é em formulações com vitaminas com o lançamento Palmolive Super Condicionador, com quase duas vezes mais agentes do que os condicionadores comuns para um resultado mais potente e nutrição profunda, que promete resultados visíveis em apenas um minuto de aplicação, devido à selagem das cutículas dos cabelos. São duas versões, uma para cada tipo de reparação: Palmolive Super Condicionador Vitamina B – Nutrição + Hidratação, que auxilia no brilho, maciez e volume do cabelo e reforça as fibras capilares para um cabelo mais forte; e Palmolive Super Condicionador Vitamina C – Nutrição + Restauração, que ajuda a prevenir a quebra do cabelo e estimula o crescimento saudável.

Tratamento a seco

A Vichy, marca de dermocosméticos da L’Oréal, ampliou a linha Dercos na Europa com o shampoo seco energizante. Segundo a marca, trata-se do seu primeiro shampoo seco indicado para os consumidores com queda de cabelo, cabelo fino, com falta de densidade, ou enfraquecido. Formulada com Vitaminas B5, PP e Biotina, a novidade tem ação antioleosidade entre lavagens e é adaptada ao couro cabeludo mais sensível.

Por novos fios

A Mahogany também entrou na disputa com o Shampoo Antiqueda Enerfol Vital é formulado para auxiliar no fortalecimento da estrutura do cabelo e tratar problemas que causam a queda dos cabelos, além de favorecer o crescimento de novos fios.  O produto reúne ativo vasodilatador, vitaminas E e B6, Panthenol e Piroctona Olamina.

Cabelos vitaminados

Ariane Ladeira, analista de marketing técnico da distribuidora Focus Química, destaca que as formulações de produtos que seguem o conceito hairceuticals, em sua grande maioria, integram vitaminas, que ajudam a combater diretamente boa parte dos problemas capilares, citando como exemplo o STAY-C® 50, vitamina C hidrossolúvel estabilizada na forma de sal, da representada DSM. “Novos estudos demonstraram, além de sua excelente estabilidade, que 95% do STAY-C® 50 é convertido em ácido ascórbico em 2 minutos na pele ou no couro cabeludo”, destaca.

Ariane Ladeira, analista de marketing técnico da distribuidora Focus Química

Um benefício extra do STAY-C® 50, segundo Ariane, é sua capacidade de promover o crescimento capilar. Em um novo estudo ex vivo, a Vitamina C estimulou o crescimento de folículos capilares através do estímulo do fator de crescimento IGF1. “O estímulo desse fator é importante para combater o afinamento e o crescimento lento do cabelo. A Vitamina C aumenta 11 vezes a expressão de IGF e aumenta em 25% o crescimento do folículo capilar ex vivo”, afirma.

Outra vitamina da representada DSM destacada pela Focus Química é o D-Panthenol, pró Vitamina B5, já consagrado no mercado de cuidados capilares. Ariane conta que estudos recentes mostram que D-Panthenol aumenta a expressão gênica de KAP 4-12, gene associado à formação de queratina, em 3,6 vezes após 24h e uma aplicação, e em 8,1 vezes após 6 dias e 11 aplicações, aumentando a força e espessura do cabelo.

Estudo mostra que o D-Panthenol aumenta a expressão do gene KAP 4-12

Ariane também indica os silicones da representada Wacker, como o BELSIL® ADM 8301 E, uma microemulsão de silicone amino funcional formadora de filme, indicada para cabelos fortemente danificados, cabelos tingidos e que passam por tratamento térmico. Os danos capilares começam na cutícula, com a destruição da superfície hidrofóbica, e resulta em dano estrutural, proporcionando um cabelo sem vida, ressecado, com pouca resistência, com frizz e quebradiço. “BELSIL® ADM 8301 E, por ser derivado de um amodimethicone, possui forte interação a com a fibra capilar, proporcionando formação de filme, performance de condicionamento superior, além de proteção térmica e da cor”, completa.

Deposição seletiva de BELSIL® ADM 8301 E em locais com alto dano e porosidade

Queda como alvo

Rafael Mancini, gerente de marketing da Volp, reforça que para manter os cabelos saudáveis e bonitos é necessário buscar tratamentos para sua proteção diária, especialmente quando alguns fatores predispõem à queda capilar.  Ele explica que o desenvolvimento do fio de cabelo se dá de forma cíclica e assíncrona em três fases: anágena, fase de crescimento, durando cerca de 4 a 6 anos; catágena, fase de degradação, quando o fio começa a se desprender da papila dermal, cerca de 3 a 4 semanas; e telógena, fase de repouso, que dura em média 3 a 4 meses, quando cabelo cai, dando espaço para o ciclo se reiniciar.

Rafael Mancini, gerente de marketing da Volp

“Em média, temos 100 mil fios de cabelo e é comum a perda diária de até 75 fios. Para manter um volume normal, é necessário que os fios sejam substituídos na mesma proporção de sua queda. A queda capilar, também denominada como alopecia pode ser percebida clinicamente quando há a perda de 25% do total de cabelos”, detalha Mancini, complementando a que alopecia é caracterizada pelo desequilíbrio entre as fases do ciclo do fio e pode ter diversas origens, como herança genética, estresse, entre outros.

No caso específico da alopecia androgênica, ela é de origem hormonal e hereditária, que ocorre em qualquer idade e é mais comum entre homens, mas que também pode ser diagnosticada em mulheres. “Ela ocorre quando o hormônio masculino testosterona sofre ação da enzima 5α redutase, convertendo-o em DHT (dihidrotestosterona) que, por sua vez, age dentro do folículo capilar, desencadeando o enfraquecimento e a morte da célula que produz os fios”.

Buscando atender essa necessidade, a Volp em parceria com a Mibelle Biochemistry, apresenta três ativos clinicamente testados e aprovados, que em sinergia são poderosos no combate à alopecia. O AnaGain, de acordo com Rafael, age estimulando a fase anágena e diminuindo a telógena, o que resulta no aumento do coeficiente de crescimento do cabelo.

AnaGain aumentou em 78% o coeficiente de crescimento do cabelo

“Já o RootBioTec HW, com seu poder de inibição da enzima 5α redutase, inibe o processo de enfraquecimento do fio, evitando sua queda”, destaca Rafael, que também cita o  PhytoCellTec Malus Domestica, com tecnologia inovadora que utiliza células troncos vegetais para promover a estímulo das células tronco do couro cabeludo, impulsionando o aumento dos fios na fase anágena e retardando o envelhecimento do fio.

RootBioTec HW inibe a enzima 5α redutase

Plantas como biofábricas

A LipoTrue Science & Biotechnologies, sediada em Barcelona, na Espanha, é  uma empresa dedicada à fabricação e distribuição de ingredientes ativos de alta eficácia para o mercado cosmético. Leandro Malatesta, gerente de contas Brasil, ressalta que a empresa conta com uma equipe de mais de 30 especialistas multidisciplinares e integra plataformas exclusivas de alta tecnologia, para descobrir novos ingredientes ativos de excelente performance.

Leandro Malatesta, gerente de contas Brasil

Uma das tecnologias exclusivas da LipoTrue é a utilização de plantas silvestres como biofábricas: “Por meio dessa tecnologia, o mRNA humano sintético é transferido mecanicamente para as folhas, através de um vetor. Dentro das folhas, o mRNA é amplificado e traduzido, ocorrendo a síntese de proteínas nas plantas, sem modificar o núcleo das células (non-GMO). Esse sistema permite a obtenção de ingredientes biotecnológicos seguros, de alta pureza e excelente eficácia”, garante.

Malatesta cita como produto obtido com essa tecnologia o Anargy™, um ativo multifuncional que contém proteínas capazes de nutrir, proteger e desintoxicar a raiz capilar, ajudando a reativar o ciclo de crescimento.  Além disso, aumenta o número de fios no couro cabeludo e tem efeito de proteção UVB.

“Seu efeito também ajuda a redensificar e fortalecer as hastes capilares e testes mostraram sua eficácia na redução da queda capilar ao lavar e pentear”, enfatiza, acrescentando que, além dos cabelos, o Anargy™ também alonga e aumenta o volume e a angulação dos cílios, ideal para maquiagens multifuncionais.

O executivo indica o Anargy™ também em produtos para barba e sobrancelhas. “Ele está apto a ser usado em produtos veganos e é de origem 99% de origem vegetal, de acordo com a ISO 16128, além de ser certificado Halal e listado na China”, completa.

Fortalecimento e redensificação da raiz capilar após tratamento com Anargy™

Aumento do número de fios capilares após tratamento com Anargy™

Ativos biofuncionais

No contexto de ativos destinados à saúde dos fios e couro cabeludo, a Ashland oferece as soluções BiotHAIRapy™ biofuncional, uma família de cinco ingredientes com base natural biodegradável, COSMOS validados, com alvo no mecanismo do envelhecimento dos cabelos. Segundo Liliana Brenner, diretora de marketing de Care Specialties para a América Latina, os ingredientes dão suporte para a organização natural do folículo e fios, melhorando a aparência dos cabelos. “A utilização dos ativos BiotHAIRapy™ de forma única ou combinada entre si devolve o brilho e a vitalidade dos fios revitalizando os cabelos da raiz até as pontas”.

Liliana Brenner, diretora de marketing de Care Specialties da Ashland

Faz parte da linha BiotHAIRapy™ o Dynagen™, ativo biofuncional rico em frações de peptídeos bioativos inspirado no “Hair Keratin System” para cabelos mais fortes, grossos e com sensorial saudável.

Chromafend™ é outro ativo biofuncional inspirado no “Hair Melanin System”, para ajudar contra o aparecimento dos fios grisalhos. Por meio do aumento da melanina no córtex capilar, aumenta significativamente o escurecimento dos fios. Estudo clínico realizado com 36 voluntários entre 37 e 68 anos utilizando 1% de Chromafend™ demonstrou resultados visíveis após 60 dias de uso.

Chromafend™ promoveu escurecimento dos fios em 60 dias

Também integra a linha o ativo Protectagen™, que ajuda a preservar o folículo capilar contra os danos da radiação UV, além de preservar o capital de crescimento dos fios.

Já o Capauxein™ G2 é o ativo biofuncional inspirado no conceito “Hair Fullness System” para manutenção da fase anágena e redução da fase telógena, proporcioando aumento da densidade capilar. “A aplicação de Capauxein G2 a 1% demonstrou visível aumento da densidade capilar em estudo clínico realizado com 39 voluntários homens e mulheres com alopécia por mais de 3 anos”, conta Liliana.

Estudo demonstrou aumento da densidade capilar com Capauxein™ G2

A linha é complementada pelo ativo Procataline™ G2, inspirado no “Hair Antioxidant System”, para uma ação detox dos cabelos e purificação do couro cabeludo. Extraído de sementes de ervilha e chia, reduz o dano oxidativo, melhora a hidratação e a função de barreira e equilibra a oleosidade, ajudando a reduzir a descamação, vermelhidão e irritação do couro cabeludo, além de ajudar a proteção dos danos causados pela poluição do ar.

Complementando o tratamento holístico que os produtos hairceuticals devem oferecer, Liliana indica o Fiberhance™️ BM, que acrescenta às formulações um maior foco nos fios. “O ativo de origem natural e biodegradável ‘bond multiplier’ penetra profundamente no córtex, para criar novas pontes de hidrogênio e cargas iônicas, que reforçam a estrutura da queratina interna danificada e devolve a força e maleabilidade dos fios comparáveis a de um cabelo virgem”.

Bicamada estrutural

“Em linha com a tendência de saúde e bem estar, a categoria dos harceuticals ganha cada vez mais espaço entre os consumidores que buscam eficácia e valorizam a saúde dos cabelos”, observa Magda Machado, gerente de Marketing e Vendas Personal Care da Croda, que cita ingredientes reconhecidos por sua eficácia em pele e que também são utilizados nos produtos hairceuticals, incluindo peptídeos, vitaminas, extratos naturais, colágeno, proteínas, entre outros.

Magda Machado, gerente de marketing e vendas Personal Care da Croda

Magda selecionou alguns dos mais efetivos ingredientes do portfólio da Croda para hairceuticals, entre eles, o Hair SpaTM, complexo prebiótico composto por açúcares naturais que contribuem para o equilíbrio do microbioma e integridade do couro cabeludo, e o DuraquenchTM IQ AS, que forma uma bicamada estrutural na superfície da pele para regular a perda de água, ao mesmo tempo em que interage com as bicamadas lipídicas para reforçar a barreira cutânea natural do couro cabeludo.

Já o ApiscalpTM, extrato natural das sementes de aipo, provê purificação e conforto ao couro cabeludo oleoso ou seco. “Ele reequilibra o couro cabeludo, controlando oleosidade, reduzindo descamação, recuperando hidratação, aliviando coceira, irritação e conforto, controlando sua microflora e reduzindo a caspa”, explica. Outro destaque da Croda é o PhytessenceTM French Oak.  Com propriedades antioxidantes, reduz a produção de radicais livres (-78% após a indução do estresse oxidativo e -34% após a irradiação UVA), protegendo e fortalecendo o couro cabeludo, além de retardar o branqueamento precoce dos fios.

Para tratamento da queda, Magda indica o ProcapilTM, peptídeo que estimula a microcirculação do couro cabeludo e o metabolismo do bulbo capilar. “ProcapilTM atua nas principais causas da alopecia, promovendo o que chamamos de ancoragem capilar”, destaca, que também cita o PhytessenceTM Hazel Leaf, obtido as folhas da avelaneira, que melhora a produção de ATP em 29%, levando a energia necessária às células para garantir a vitalidade do couro cabeludo e dos cabelos. “Além disso, o extrato é capaz de aumentar a quantidade de colágeno VII em 204%, reforçando a coesão entre as células da derme e da epiderme para restaurar a tonicidade do couro cabeludo”.

Completam as indicações da Croda para o tratamento dos fios o Kerestore 2.0, com ação mimética que repara os fios de maneira inteligente, atuando nas áreas mais danificadas do cabelo, onde os fios mais necessitam espessamento, e o KeramatchTM V, alternativa vegana para queratina animal, que promove força e resistência aos cabelos, anti-frizz, hidratação e suavidade dos fios. 

Novidade anticaspa

O lançamento global da CLR, o Cutibiome CLR™, um complexo sinérgico ativo de extratos lipofílicos de manuka, pimenta preta e magnólia, para o tratamento da caspa, é novidade da IMCD, distribuidora exclusiva da empresa alemã no Brasil. Ele fornece um suporte essencial para o equilíbrio natural entre a pele e sua microbiota em situações difíceis, como caspa.

Natália Scagliusi, especialista de Produto de Personal Care da IMCD

“O Cutibiome CLR™ reduz a expressão da 5α-redutase, diminuindo a inflamação e a oleosidade do couro cabeludo e, por consequência, reduzindo a proliferação da Malassezia furfur, um dos principais microrganismos causadores da caspa, atuando  potentemente contra a caspa e a sensibilidade do couro cabeludo”, explica  Natália Carvalho Scagliusi, especialista de Produto de Personal Care da IMCD.

Segundo a especialista, uma grande redução da caspa foi demonstrada em estudos in vivo. O uso de um tônico capilar CutiBiome CLR™ três vezes por semana, durante quatro semanas, atingiu  resultados semelhantes ao Piroctone Olamine, mas superou seu desempenho na redução da oleosidade, sensibilidade e da comichão no couro cabeludo.

“Um grande diferencial do Cutibiome CLR™ em relação ao Piroctone Olamine, além da ação superior na redução da oleosidade e sensibilidade do couro cabeludo, é a certificação COSMOS, podendo ser utilizado em produtos de posicionamento verde/natural”, enfatiza.

Além de possibilitar a utilização em formulações verdes e naturais e ser livre de conservantes, para formuladores e fabricantes, o Cutibiome CLR™ apresenta vantagens adicionais: é indicado para uma ampla gama de produtos para o cuidado do couro cabeludo, é estável em ampla faixa de pH e de fácil manuseio.

Relação da microbiota no equilíbrio da pele

“Certamente, esta é uma grande novidade que a IMCD está lançando no Brasil e nossa equipe está à disposição para esclarecer dúvidas específicas ou  para uma discussão aprofundada sobre projetos com o novo ativo”, finaliza Natália.

Microbiota equilibrada

“O reconhecimento da importância da microbiota cutânea para a saúde da pele se estendeu também para o couro cabeludo. Assim, uma lógica até algum tempo negligenciada de que a saúde dos cabelos se inicia com a saúde do couro cabeludo passou a ter alta relevância no mercado de hairceuticals”, diz Daniella Lopes Francischetti, gerente de marketing da Solabia.

Daniela explica que o equilíbrio da microbiota do couro cabeludo é fundamental para evitar certas disbioses, como a dermatite seborreica e a caspa úmida, relacionada principalmente com a presença do fungo Malassezia sp. Diante desse novo cenário, a Solabia desenvolveu seu ativo Prelliance®. Por ter em sua composição oligossacarídeos prebióticos, é capaz de estimular o crescimento da flora saprófita em detrimento da patogênica, diminuindo assim a incidência da caspa.

Daniella Lopes Francischetti, gerente de marketing da Solabia

“O grande diferencial deste ativo se dá porque, diferentemente da maioria dos produtos de mercado com ação anticaspa, que danificam a fibra capilar, Prelliance® age também melhorando a saúde dos cabelos com ganhos significativos de radiância (65%) e penteabilidade em cabelos secos (54%) e molhados (14%)”, afirma, acrescentando que ele tem efeito também de nutrição e hidratação, agindo desde o córtex até as cutículas. A ação é imediata, a partir da primeira lavagem com enxague.

Devido à sua multifuncionalidade com ação na saúde da microbiota do couro cabeludo e também da fibra capilar, Prelliance® foi premiado com o GOLD da Innovation Zone Best Ingredient Awards 2019. “Como, devido à pandemia, não tivemos as feiras de negócios do setor de ingredientes cosméticos em 2020, o Prelliance® continua sendo o ingrediente cosmético mais inovador da América Latina”, finaliza.

Murilo Marques, editor do portal Cosmetic Innovation

Murilo Marques, editor do portal Cosmetic Innovation, analisa que a pandemia alterou alguns hábitos do consumidor que, ao passar mais tempo em casa, despertou maior interesse em autocuidado, observando atributos de produtos que antes não eram tão explorados. “Houve uma grande adesão ao DYI ou ‘faça você mesmo’, indicando uma mudança importante na rotina desse consumidor acostumado com serviços de beleza de boa qualidade, independentemente da condição econômica”, analisa, citando pesquisa recente da WGSN em parceria com o Google, que indica que essa tendência não deve ir embora de uma hora para outra, e que algumas mudanças já estavam no radar, e foram aceleradas pela pandemia, como trabalhar e cozinhar em casa e ensino à distância. “Por por este motivo, faz sentido a indústria continuar investindo no desenvolvimento de produtos de maior valor agregado para o ‘salão em casa’ “, finaliza.

Comments are closed.

Parceiros 2020

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros