Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Ciência e TecnologiaFator genético recém-descoberto permite que a pele do adulto se repare como a de um bebê

Fator genético recém-descoberto permite que a pele do adulto se repare como a de um bebê

  • Written by:

A descoberta em camundongos pode levar a avanços em cosméticos

Um fator genético recém-identificado permite que a pele adulta se repare como a pele de um recém-nascido, de acordo com cientistas da Washington State University.

A descoberta tem implicações para um melhor tratamento da pele ferida, bem como potencial na área de cosméticos no desenvolvimento de produtos antienvelhecimento.

O estudo, publicado na revista eLife em 29 de setembro, revela que pesquisadores da Escola de Biociências Moleculares da Universidade do Estado de Washington identificaram um fator de transcrição chamado Lef1, que atua como um interruptor molecular na pele de camundongos bebês e que controla a formação dos folículos capilares. Eles se desenvolvem durante a primeira semana de vida.

Esta ‘chave’ é desligada principalmente após a formação da pele e permanece desligada no tecido adulto. Mas, quando ativada em células especializadas em camundongos adultos, sua pele foi capaz de curar feridas sem deixar cicatrizes.

A pele reconstituída inclui pelos e pode causar arrepios, disseram os pesquisadores, observando que essa capacidade é perdida nas cicatrizes de humanos adultos. “Pudemos pegar a capacidade inata da pele jovem neonatal de se regenerar e transferir essa capacidade para a pele velha”, disse Ryan Driskell, professor assistente na Escola de Biociências Moleculares da WSU, que liderou a equipe de pesquisa. “Mostramos, em princípio, que esse tipo de regeneração é possível.”

A equipe de Driskell usou uma nova técnica chamada sequenciamento de RNA de célula única para comparar genes e células na pele em desenvolvimento e na pele adulta.

Descobriu-se que o Lef1 está associado aos fibroblastos papilares, que são células em desenvolvimento na derme papilar, uma camada de pele logo abaixo da superfície que dá à pele sua tensão e aparência jovem.

Driskell, entretanto, enfatizou que muito trabalho é necessário antes que esta última descoberta possa ser aplicada à pele humana.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Cosmetics Business – 30/09

Comments are closed.

Parceiros 2020

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros