Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic InnovationDestaque FCE Cosmetique Tecnologia Verde & SustentabilidadeInovações sustentáveis na indústria cosmética são destaques na FCE Cosmetique

Inovações sustentáveis na indústria cosmética são destaques na FCE Cosmetique

  • Written by:

Indústrias cosméticas estão na corrida pelos consumidores que desejam levar esses produtos para casa.

A 25ª edição da FCE Cosmetique será realizada em São Paulo, entre os dias 2 a 4 de junho de 2020 e apresentará os temas mais relevantes da atualidade, incluindo inovações em ingredientes e formulações, embalagens cosméticas, movimentos e tendências relacionadas a cadeia dos cosméticos verdes, também conhecidos como Green Cosmetics.

Os expositores estão de olho nesse mercado e já trabalham com a oferta de soluções sustentáveis para a indústria cosmética, já que a conscientização sobre produtos verdes está afetando diretamente na escolha do consumidor. Ainda, na FCE Cosmetique, o tema Green Cosmetics faz parte do Innovation Challange, palco para as indústrias de matérias-primas apresentarem soluções inovadoras desse conceito, uma competição com desafios comandados e reconhecidos por especialistas do setor. Segundo relatório da Grand View Research, o mercado global orgânico de cuidados pessoais deverá atingir US$ 25,11 bilhões até 2025.

A BRENNTAG, por exemplo, empresa alemã de distribuição de produtos químicos, vai estar na feira apresentando as principais inovações nesse segmento. Entre elas, óleos e manteigas oriundos da biodiversidade brasileira. “Nossos produtos inovadores 100% naturais obtidos de fontes sustentáveis e fabricados com alto padrão de qualidade garantem assim baixo índice de acidez sem passar por processo de refino e mantém todas as propriedades e benefícios para o produto final, com eficácia comprovada”, diz Christiane Ferreira Neves, gerente executiva de negócios Personal Care na empresa.

Ainda no quesito matéria prima e proteção animal, a Garden Química possui um portfólio composto por substâncias de origem vegetal e que não são testadas em animais. “A água utilizada na produção das nossas matérias primas vem de fonte natural e o residual é passado por um tratamento e é reaproveitado”, contou Berenice Freire, diretora comercial da Garden Química.

Já no setor de embalagens a onda verde não fugiu à regra. Os processos industriais da Vepakum, empresa que atua no mercado de embalagens plásticas sopradas e injetadas para o segmento cosmético e farmacêutico, tiveram grandes mudanças focadas na sustentabilidade do material.

“A Vepakum tem homologada duas matérias-primas como solução sustentável de suas embalagens. Trata-se do Plástico Verde I’m Green™ e do aditivo Oxibiodegradável. O plástico verde tem como um dos seus principais benefícios reduzir a emissão dos gases causadores do efeito estufa, e o aditivo oxibiodegradável tem como grande diferencial a degradação mais rápida do que o plástico convencional. Temos a certificação para trabalhar com este material desde 2010”, diz Ricardo Dornelas, sócio proprietário e diretor da Vepakum.

“É notável que o mercado de produtos sustentáveis tem ganhado espaço e os expositores terão a oportunidade de compartilhar entre as cadeias inovações que atendam a demanda de mercado e agregam valores sustentáveis e limpos”, comenta Nadja Bento, gerente do evento.

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros