Visit us on TwitterVisit us on FacebookVisit us on LinkedIn

Sustentabilidade no mercado de beleza profissional

  • Written by:

Salões e spas, num esforço para tornarem-se mais conscientes ecologicamente e diminuírem sua geração de carbono, estão realizando parcerias com empresas que oferecem serviços de reciclagem, conseguindo recuperar quase 100% de seus resíduos no processo.

Com a indústria de salões produzindo cerca de 421,000 libras de descarte por dia nos E.U.A. , não se trata apenas de garrafas de shampoo vazias – motivo pelo qual esse movimento recente é tão importante.

Empresas que Estão Investindo

1) Grenn Circle Salons: é uma das líderes do mercado. A empresa, que está ativa nos Estados Unidos desde 2014, fornece um programa contínuo para que os salões compensem suas emissões e recuperem até 95% de seus resíduos. A Green Circle Salons já foi certificada pela B Corporation e pela Carbon Trust, o que significa que ela está atendendo aos mais altos padrões de responsabilidade ambiental e social. De fato, a Green Circle Salons é a única empresa de gerenciamento de resíduos na América do Norte que atende a todos os requisitos da certificação Zero Waste to Landfill.

2) SalonCycle: empresa formada por meio de uma parceria entre a TerraCycle e a Salon Centric que permite que os salões reciclem uma diversidade de resíduos comumente encontrados em salões, incluindo metais (tubos de tintas usados ​​e películas); plásticos (tampas e recipientes de produtos, plásticos rígidos, garrafas de bebidas e tampas de tubos de tinta); papel (revistas, jornais, embalagens de papel, papelão e suportes e cintas de copo de café); cabelo (processado e virgem); resíduos de refeitório (cápsulas de café, canudos, sacos de salgadinhos, embalagens de doces e lenços desinfetantes); EPI (luvas descartáveis, máscaras faciais e roupas descartáveis); e restos de tintura (tinta, tonalizante e clareador), entre outros resíduos de produtos de beleza profissionais.

3) Green Life Organization (GLO): outro programa líder de reciclagem de resíduos de salão, que permite que os salões reciclem itens anteriormente não renováveis. Lançada em janeiro de 2020, a GLO doa uma parte de cada dólar gasto pelos salões em serviços GLO para seus parceiros sem fins lucrativos ambientalmente conscientes.

Empresas de Beleza e Seus Projetos

Algumas das marcas de beleza profissional, como o grupo Davines, a Amika e a Estée Lauder, apresentaram seus próprios programas de sustentabilidade. Em 2020, o grupo Davines lançou o “Programa Global de Salão Sustentável”, focado no treinamento e na certificação em três pontos principais: planeta, liderança, e comunidade e pessoas –, a fim de educar os cabeleireiros sobre a importância de se comprometer com o planeta. Após a conclusão do programa, os participantes recebem uma certificação da Universidade de Parma.

Em novembro de 2022, a Amika fez parceria com a TerraCycle para formar um programa nacional de reciclagem gratuito, destinado a embalagens de produtos capilares da marca. Por meio do “Programa de Reciclagem Amika”, os consumidores enviam suas embalagens de cuidados capilares Amika – incluindo tubos, garrafas, cabeças de gatilho, fechos complexos e vidros coloridos – para a TerraCycle, onde são limpas, derretidas e convertidas em plástico rígido que pode ser remodelado em novos produtos reciclados, como bancos de parque e mesas de piquenique. Para embalagens de aerossol, a Amika possui um programa separado: o “Programa de Reciclagem de Aerossol Amika”, que também é intermediado pela TerraCycle.

O “Programa de Remetente Retornável” da Aveda foi criado em parceria com a Returnity, que oferece soluções circulares e reutilizáveis ​​para resíduos de embalagens de envio e entrega gerados pelo comércio eletrônico. O programa ainda está em fase piloto e permite que os consumidores reduzam o desperdício de embalagens, a partir da utilização de caixas de transporte retornáveis ​​e reutilizáveis.

Outros Investimentos em Sustentabilidade

Salões e spas estão investindo em sustentabilidade de outras maneiras também. Por exemplo, realizando a manutenção do uso de água, buscando por gotejamentos e vazamentos em canos e torneiras, instalando chuveiros de maior economia de água, e garantindo que apenas cargas completas de lavanderia sejam levadas para lavagem, para reduzir o uso de água e eletricidade.

Eles também estão reduzindo seu uso de energia ao optar por lâmpadas energeticamente eficientes; desligar aparelhos elétricos como babyliss, chapinhas, secadores e luzes quando não estiverem em uso; e garantir que os interruptores dos computadores, copiadoras e outros equipamentos sejam desligados quando o salão for fechado.

Outras medidas que estão sendo tomadas focalizam o desperdício de tintas de cabelo – existem sistemas de medição de tinta de cabelo que ajudam os salões a garantirem que apenas a quantidade necessária de tinta seja misturada. Os salões também estão optando por produtos “verdes” – por exemplo, Paper Not Foil, um papel que substitui a tradicional folha de alumínio no processo de coloração, e é produzido a partir de resíduos de construção reciclados (sem árvores) e pode ser lavado e reutilizado – além de produtos de limpeza verde. Ainda, alguns salões estão preferindo usar apenas fabricantes e fornecedores comprometidos com operações e linhas de produtos sustentáveis.

O mercado de beleza profissional sustentável é estudado no relatório da Kline “Sustainability in Professional Beauty: U.S. Market Assessment”, que fornece uma visão geral das melhores práticas e iniciativas relacionadas a iniciativas de sustentabilidade conduzidas por participantes do mercado de beleza profissional dos EUA, abrangendo os setores de cuidados com os cabelos, unhas e cuidados com a pele.

 

 

 

 

Fonte: Blog Factor-Kline 04.07.2022

fsmip_meta_s_enable_floating:
yes
fsmip_meta_s_enable_post_icons:
yes

Comments are closed.

Parceiros 2021

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros

Social Media Icons Powered by Acurax Website Designing Company