Visit us on TwitterVisit us on FacebookVisit us on LinkedIn
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Empresas & Negócios2º dia da Semana ABIHPEC de Mercado traz panorama sobre o canal farma e o comportamento de consumo no durante e pós-Pandemia

2º dia da Semana ABIHPEC de Mercado traz panorama sobre o canal farma e o comportamento de consumo no durante e pós-Pandemia

  • Written by:

A live contou também com mesa-redonda entre Grupo Boticário, L’Oréal Brasil e ABIHPEC, com moderação do Instituto Locomotiva

Aconteceu nesta terça-feira, 01/09, o segundo dia da Semana ABIHPEC de Mercado, evento anual da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), com a participação da IQVIA, consultoria especializada no segmento farmacêutico, do Instituto Locomotiva, especialista em pesquisas e análises de padrões de comportamento e compra, além de uma mesa-redonda entre Artur Grynbaum, CEO do Grupo Boticário, Patrick Sabatier, diretor de Relações Institucionais da L’Oréal Brasil, e João Carlos Basilio, presidente-executivo da ABIHPEC.

Após as boas-vindas de Basilio e da diretora de Gestão, Comunicação a Marketing da ABIHPEC, Karla Brandão, o evento seguiu com a apresentação de Camila Castro, da IQVIA, que falou sobre Perspectivas do segmento de HPPC no varejo farmacêutico e destacou a forma como as empresas passam a investir e usar o canal farma como pontos vendas e de contato estratégicos com o público consumidor de higiene Pessoal, perfumaria e cosméticos.

Segundo pesquisas da IQVIA, as farmácias que já vinham num crescente, passam a ter ainda mais importância na vida de consumo das pessoas, tanto no ambiente físico quanto no digital, este acelerado se deu devido a pandemia, assim como ocorreu em todas as áreas. Camila destacou também que a maior parte da população pretende manter o consumo em farmácias, pois o cenário para o consumo nesse canal é de estabilidade, o que pode ser visto como boa notícia, já que 45% dos brasileiros declaram que manterão o seu consumo atual. Como contraponto positivo, a pesquisa da IQVIA mostra uma significativa diminuição do grupo de brasileiros que declaram intenção de redução de seu consumo em farmácias, somando apenas 16% dos entrevistados em junho de 2020.

Outros pontos de destaque apresentados pela IQVIA foram os fatores motivadores de compra. Segundo a pesquisa, o consumidor continuará considerando para decidir suas compras, qualidade do produto, preço e promoções. O estudo mostra também os produtos que não podem faltar nas gôndolas, são eles os produtos healthy care e da cesta covid, além dos de cuidados pessoais relacionados às práticas do Do it Yourself, como os itens para depilação, cremes de tratamento para cabelos e pele. Outro ponto relevante que a pesquisa mostrou foi o salto de 100% dos canais on-line das farmácias durante os meses de pandemia, em comparação ao mesmo período do ano passado. Hoje, os canais on-line das farmácias representam 7% das vendas totais.

A manhã seguiu com palestra do comunicólogo Renato Meirelles, presidente do Instituto Locomotiva, sobre Como fica a relação Indústria e Varejo e a força dos canais de vendas. Meirelles fez um amplo panorama sobre as mudanças do comportamento humano por conta da pandemia, chamando a atenção para a grande mudança de mindset dos consumidores que passam a questionar quais são os serviços de beleza que podem seguir fazendo eles mesmos em casa e para quais voltarão a precisar dos serviços de um profissional. Sendo assim, todo o comportamento do ser humano muda.

Falou do protagonismo que a casa passa a ter na vida das pessoas, indo para além do local de moradia, se tornando também o local de trabalho, lazer, limpeza, entre outros. Tudo isso, muda o foco de compras das pessoas para itens necessários para estes fins. Porém, ressalta que toda essa análise fica em torno das classes A e B que têm como trabalhar remotamente e têm espaços saudáveis de convivência em casa, o que já não acontece com a maioria das pessoas da classe C e a totalidade das demais classes sociais, que não possuem tais condições.

A importância para o aumento do uso de apps é outro comportamento importante levantado por ele, tendo sido, inclusive, motivo de sobrevivência e escape da falência para muitos empresários.

A terceira parte da manhã, mediada por Meirelles, foi uma mesa-redonda com Patrick Sabatier, diretor de Relações Institucionais da L’Oréal Brasil, Artur Grynbaum, CEO do Grupo Boticário, e João Carlos Basilio, presidente-executivo da ABIHPEC, sobre Atitudes das empresas em meio a pandemia: agilidade e transformação de ameaças em oportunidades.

Grynbaum falou sobre como mudou os processos e a forma da empresa se relacionar com seus colaboradores e clientes graças à aceleração digital consequente às restrições de interação presencial da pandemia. Compartilhou a dificuldade de fechar todas as lojas e migrar tudo para o universo online, ressaltando a agilidade que o Grupo Boticário teve para realizar tais mudanças e adequações, principalmente na revisão de todo o planejamento das marcas.

Ele também ressaltou os três pilares em que focaram para dar conta de tudo: Segurança, como garantir isso para os colaboradores e consumidores. Operação de Centros de Distribuição (CDs), jornadas de trabalho e a entrega de todos os produtos, tudo isso, dentro dos rigorosos processos de higiene; a reformulação de toda a comunicação da empresa dentro do novo cenário; e a doação de produtos de higiene pessoal para comunidades, que foi uma prioridade social assumida pela empresa nesta fase difícil.

Para Sabatier, da L’Oréal, a pandemia promoveu uma aceleração extraordinária nas atividades da empresa, fez acontecer em 5 meses o que ocorreria em 5 anos. A empresa adequou rituais, relações e processos de trabalho com os colaboradores. Patrick ressaltou também, que um dos grandes resultados, foi o crescimento do e-commerce em três dígitos.

Basilio falou dos desafios superados de abastecimento do mercado e consequente normalização do preço do álcool gel, questão resolvida rapidamente, em cerca de 50 dias, graças a um trabalho realizado de forma conjunta entre as empresas do setor e os fabricantes de ingredientes. E que todas essas iniciativas do setor foram reconhecidas pelo varejo, fortalecendo, assim essa relação.

Outro ponto importante discutido na mesa-redonda, mais voltado aos aspectos comportamentais dos consumidores, foi o crescimento da valorização da autoestima da mulher brasileira, em nome da beleza real X estereótipos internacionais. Assunto este que foi marcante, durante a pandemia, para as empresas L´Oréal e Grupo Boticário, que precisaram ajustar abordagem e disponibilização de produtos e diálogo das marcas, para entregar aos consumidores, produtos que atendessem à essa demanda.

Para finalizar, Basilio falou do otimismo da ABIHPEC com o movimento gradual de recuperação das atividades do setor e da importância de, em um momento onde a retomada do ritmo da economia é tão necessária, o Brasil ter uma Reforma Tributária ampla e simplificadora. Ele disse estar confiante de que tal reforma, tão fundamental para o país, ocorra ainda no ano de 2020.

O conteúdo das palestras, de cada dia, está disponível no canal do Youtube da ABIHPEC

O evento segue para seu terceiro dia, nesta quarta-feira (02.08), conforme programação abaixo:

♦ 02/09 – QUARTA-FEIRA

• 10h – Abertura – João Carlos Basilio, presidente-executivo da ABIHPEC e Marina Kobayashi, gerente de Inovação da ABIHPEC

• 10h10 – Beleza pós-Covid – Margareth Utimura, da Nielsen

• 10h50 – Um olhar para o futuro da indulgência e do consumo – Iza Dezon e Vânia Goy, da Dezon (Peclers Brasil)

• 11h30 – Mesa-redonda: Inovação no setor de HPPC – Convertendo a ameaça do coronavírus em uma série de oportunidades no mercado de HPPC.

Participantes: Lena Peron, Sócia Fundadora da Casa Feito Brasil, e Marcela Mariano, CCO da Baruel

Moderação: Elaine Gerchon, gerente de Inteligência de Mercado da ABIHPEC

♦ 03/09 – QUINTA-FEIRA

• 10h – Abertura – João Carlos Basilio, presidente-executivo da ABIHPEC, e Rose Hernandes, diretora de Meio Ambiente da ABIHPEC

• 10h10 – Beleza e Cuidados pessoais após Covid-19: O que esperar?Elton Morimitsu – do Instituto Euromonitor

• 10h50 – Como a pandemia tem acelerado as tendências para se reconectar com o consumidor – Daniel Morimoto, da Segmenta

• 11h30 – Mesa-redonda: O Desafio das embalagens no setor de HPPC em tempos de pandemia.

Participantes: Renato Massara, diretor Comercial e de Marketing da Wheaton e Juliana Marra, Head de External Affairs da Unilever 

Moderação: Luciana Pellegrino, diretora-executiva, da ABRE (Associação Brasileira de Embalagens) 

♦ 04/09 – Sexta-Feira

• 10h – Abertura – João Carlos Basilio, presidente-executivo da ABIHPEC e Claudio Viggiani, presidente do Instituto ABIHPEC

• 10h10 – A indústria de Beleza e novos sinais de consumo – Carolina Soares, do Google

• 10h50 – Brand Experience: entendendo o mindset do consumidor em cada etapa da jornada de compra – Daniela Ribeiro, da Qualibest e Marcos Machado, Top Brands

• 11h30 – Mesa-redonda: Ações das empresas em apoio a mulheres em situação de vulnerabilidade

Palestrantes: Juliana Azevedo, CEO da P&G Brasil e Danielle Bibas, vice-presidente de Marketing da Avon

Moderação: Rodolfo Guttilla, sócio fundador da CAUSE

SERVIÇO:

Semana ABIHPEC de Mercado
Data: De 31/08 a 04/09/2020
Evento gratuito
Local: Online, via plataforma digital

Os participantes receberão o link de acesso após o cadastro. A interação com os usuários será feita em tempo real, por meio de chat realizado durante o evento.

Inscrições abertas: https://abihpec.org.br/mercado/semana-abihpec-de-mercado/

Comments are closed.

Parceiros 2021

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros

Social Media Icons Powered by Acurax Web Design Company