Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Destaque Matérias EspeciaisIngredientes Hi-Tech: produtos de beleza de alta performance

Ingredientes Hi-Tech: produtos de beleza de alta performance

  • Written by:

Novas soluções em ingredientes revolucionam formulações cosméticas

Por Estela Mendonça

Por trás de todo cosmético inovador há sempre uma grande cadeia de pesquisa, ciência e tecnologia. Centros de P&DI do mundo inteiro estão o tempo todo não apenas pesquisando super ingredientes, mas também novas formas de fazê-los interagir com os receptores da pele, facilitando sua permeação, estimulando ou inibindo sínteses e reações orgânicas e até imitando seus mecanismos. Por isso, hoje quase ninguém mais duvida de que os cosméticos realmente são efetivos para a saúde e beleza da pele.

Mas, para sustentar a efetividade de benefícios, há alguns anos inimagináveis para os consumidores, os centros de pesquisas de fabricantes e de fornecedores de matérias-primas têm investido muito também em testes que compravam claims inovadores para novos e já reconhecidos ingredientes.

Evolução do retinol

Quer um bom exemplo de como os ingredientes cosméticos podem evoluir? Nos últimos anos, derivados sintéticos e naturais mais suaves tornaram-se alternativas populares ao ácido retinoico, um ingrediente de aplicação tópica reconhecido por seus benefícios antienvelhecimento, mas que pode ser irritante para a pele e só é vendido com prescrição médica. Até hoje o retinol (vitamina A) é o retinoide tópico mais popular, mas a irritação cutânea e a instabilidade à luz do sol vêm limitando seu alcance também. Além disso, mesmo com o uso de ésteres de retinol para reduzir o potencial de irritação e aumentar a estabilidade, sua atividade e benefícios são reduzidos.

Uma real alternativa de ingrediente para fazer frente ao retinol e outros derivados de retinoides foi desenvolvida pela Grant Industries, que no Brasil é distribuída pela IMCD. A empresa lançou o Granactive Retinoid, um produto antienvelhecimento de última geração, com o desempenho do retinol e derivados de retinoides sem irritação, proporcionando à pele uma aparência mais jovem e com melhor aceitação pelo consumidor.

Natália Scagliusi, especialista de produto de Personal Care da IMCD

Natália Carvalho Scagliusi, especialista de produto de Personal Care da IMCD Brasil, explica que o mecanismo de ação Granactive Retinoid é avançado em comparação com os derivados de retinol. Isso porque, para interagir com os receptores retinoides, o retinol deve primeiro ser metabolizado em formas mais ativas, como retinaldeído e ácido retinoico, usando várias etapas enzimáticas. “O Granactive Retinoid é o único que processa a atividade retinoica inata, ligando-se diretamente aos receptores de retinoide, sem a necessidade de degradação metabólica para ser mais biologicamente ativo, além de ser dermatologicamente testado para oferecer menor potencial de irritação do que o retinol, fornecendo um retinoide antienvelhecimento suave, seguro e eficaz”.

Granative Retinoid atenua linhas de expressão

Este tecnológico ativo é uma matriz estável contendo um éster do ácido retinoico (Hydroxypinacolone Retinoate). Entre as vantagens para o fabricante oferecidas pelo Granactive Retinoid, Natália destaca que ele é um ativo de fácil aplicação em formulações cosméticas e não possui restrição de utilização, como é o caso do ácido retinoico, podendo ser utilizado em produtos cosméticos. Já para o consumidor, sua aplicação melhora, induz e equilibra a renovação da pele, atenua linhas de expressão, uniformiza o tom da pele, reduz manchas induzidas por UV e não causa fotossensibilidade, vermelhidão e descamação.

Super fruta

Daniella Lopes Francischetti, gerente de marketing da Solabia, comenta que as indústrias de ingredientes cosméticos estão, cada vez mais, lançando novos ativos no mercado. Porém, diferenciais são necessários para se destacar perante a concorrência e os clientes, como as tecnologias de produção e as diferenciadas performances desses ativos. “ReVYskin®, lançamento do Grupo Solabia de 2020, alia estas duas características. É feito a partir do goji berry, conhecida como a fruta da longevidade e também da juventude eterna, sendo esta uma super fruta por excelência devido à sua riqueza em antioxidantes”.

Daniella Francischetti, gerente de marketing da Solabia

Segundo Daniella, a extração de seus componentes é feita através da tecnologia SolaGreen® de superfluidos por água subcrítica. “Esta tecnologia utiliza como solvente a água, que com pressão e temperatura controladas, apresenta uma diminuição de sua polaridade com aumento de energia e penetração na planta, resultando em uma difusão mais rápida e extração mais eficaz dos componentes hidrofílicos de interesse da matéria-prima vegetal”, explica.

Além da alta performance de extração, a tecnologia também se diferencia pelo seu desempenho ambiental, observando-se uma significativa economia de energia. As plantas utilizadas como matéria-prima, por não entrarem em contato com solventes orgânicos, podem ser recicladas além de assumirem características biodegradáveis.

Benefícios inovadores complementam o diferencial do ReVYskin®: ele age no tecido adiposo da hipoderme que, com o envelhecimento, perde sua uniformidade levando à flacidez da pele. Esta condição de flacidez, por sua vez, altera o formato do rosto causando à perda de suas características e da harmonia de seus traços. ReVYskin® então restaura o equilíbrio do volume na hipoderme sendo capaz de preencher, remodelar e harmonizar os contornos faciais sem a necessidade de procedimentos estéticos invasivos. “O ReVYskin®, desenvolvido pela Solabia, é um ativo que se origina a partir de uma super fruta, através de uma tecnologia altamente inovadora e sustentável trazendo benefícios e um modo de ação diferenciados”, destaca.

Texturas inovadoras

Vera Tonon, líder de negócios de Life & Personal Care da Dinaco

Vera Tonon, líder de negócios de Life & Personal Care da Dinaco, nota que, em personal care, os formuladores muitas vezes têm dificuldade para encontrar matérias-primas tecnológicas e sustentáveis que funcionem como “chassi de formulação” e que contribuam para agregar mais valor ao produto final. “O investimento em alta tecnologia costuma estar direcionado para ativos cujos claims darão o tom do produto final”, observa, apresentando a Alchemy, empresa do Reino Unido representada no Brasil pela Dinaco, que nasceu com o propósito de solucionar problemas de formulações dos fabricantes de matéria-prima, criando misturas fáceis de usar e de origem natural.

Entre as soluções da Alchemy, Vera destaca o Sapogel Q, uma mistura líquida inovadora de saponinas com alta tecnologia que cria emulsões óleo em água ou géis com a textura de balms ricos e cremosos. O ingrediente clean beauty é 100% vegetal, vegano e não contém derivados de palma. Ele combina extratos ricos em saponina das plantas Quillaja saponaria (raiz) e Saponaria officinalis (folhas).  “Sem dúvida é uma tecnologia que se destaca quando sabemos que o mercado tem demandado cada vez mais texturas e formatos inovadores nos produtos”.

A executiva explica que os balms têm sua estrutura a partir de uma formação lamelar de camadas de óleo e glicerina/água, resultando em uma aparência e sensorial semelhantes aos balms cerosos, mas sem as desvantagens, como migração de cera para a superfície e a necessidade de aquecimento a altas temperaturas. Além disso, Vera ressalta que a limpeza dos equipamentos fica mais fácil e também que é possível adicionar ingredientes solúveis em água ou óleo.

Sapogel Q: estrutura em camadas, sem gotas de óleo visíveis

“O Sapogel Q é particularmente adequado para gelificar óleos vegetais, mas outros compostos não polares podem ser adicionados também, como silicones e ésteres. Além disso, o Sapogel Q pode ser usado com manteigas para criar texturas de gel sem formação de cristais. Podem ser formados géis transparentes ou semitransparentes. Pequenas quantidades de água (até 4%) podem ser adicionadas para dar um aspecto cremoso e textura de sérum”, sugere, citando que as principais aplicações são balms para lábios, de limpeza, corporais, esfoliantes, máscaras faciais, cremes e produtos para barba.

Creme que libera serotonina

Os fabricantes e marcas também exemplos expressivos desse movimento hi-tech na indústria cosmética. A Feito Brasil é um deles. A marca de clean beauty está lançando o Creme Restaurador para as Mãos, com uma combinação de ativos provenientes como babaçu, buriti, bacuri e tamarindo que, além de ativar as funções biológicas de renovação, hidratação e proteção imediatamente das mãos, recompondo a barreira cutânea, libera serotonina, o neurotransmissor associado à sensação de bem-estar.

Adaptógenos botânicos

Tina Bossio, gerente do Future Innovation Team da Avon contou no site global da companhia sobre a Avon’s adapt collection, a primeira solução holística para a pele do mundo para mulheres durante a perimenopausa e menopausa, que ainda não chegou no Brasil. A coleção aproveita dois adaptógenos importantes: tiliacora e cúrcuma. Enquanto a tiliacora ajuda o corpo a resistir aos estressores, trazendo calma e equilíbrio, cúrcuma é conhecida por suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. “A tendência de bem-estar atual trouxe os adaptógenos botânicos de volta ao foco. Marcas de beleza e consumidores estão mais uma vez percebendo suas propriedades e usando-as de maneiras novas e inovadoras. Os adaptógenos estão aqui para ficar nos cuidados com a pele”, aposta Tina.

Biologia do espaço

A Lancôme apresentou recentemente Rénergie Multi-Lift Ultra Cream com FPS 20, um creme facial com ação antissinais do envelhecimento e efeito lifting que também minimiza os tons desiguais da pele. Sua tecnologia Up-Cohesion, criada em parceria com especialistas em biologia do espaço, evita a perda de colágeno da pele e garante tripla-eficácia, rugas suavizadas, pele mais firme e um tom uniforme. A linha possui como componente principal o extrato de linhaça pró-lifting, produzido exclusivamente na França e obtido através de um processo biotecnológico inovador que o transforma em um composto multiativo que atua nos sinais de envelhecimento relacionados à perda de colágeno, ajudando a fortalecer os fibroblastos, que são as células dérmicas responsáveis pela síntese do colágeno e que garantem a firmeza da pele.

CBD Like

O CBD em cosméticos ainda é proibido por aqui, mas a Simple Organic desenvolveu um balm que usa a tecnologia da composição de moléculas concentradas de β-cariofileno, humuleno e ácido linoleico, também presentes no óleo de CBD, oferecendo uma fórmula com as mesmas propriedades do canabinoide. Em embalagem stick, o lançamento é um produto antiestresse que promove sensação de conforto, calma e relaxamento, proporcionado pelo aumento da produção de β-endorfina.

Extrato de kakadu

A linha Derma Complex  da Adcos acaba de ganhar um novo produto, a Vitamina C 15 + Ácido Hialurônico. Essa nova versão conta com 10% de ácido L-ascórbico e 5% do derivado que possui a estrutura mais próxima da Vitamina C pura. O Ácido Hialurônico de muito baixo peso molecular potencializa a ação antirrugas da Vitamina C. Combinado ao Complexo Calmante (PCA-Na e Extrato de Sálvia Vermelha) suaviza a pele e trata irritações, restaurando o conforto e a barreira natural da pele. O extrato de kakadu, de origem natural de uma superfruta australiana, além de ser a maior fonte de vitamina C do mundo, com uma concentração 100 vezes maior do que a laranja, ainda estimula os transportadores celulares deste ativo na pele, ou seja, garantia de utilização de toda a Vitamina C disponível. Contém também extrato natural de Chá Verde potente antioxidante, além do Ácido Ferúlico importante na estabilização das Vitamina C e E.

Fórmula 100% ativa

O Gel para a Pele Seca da Bio-Oil possui um formato de hidratante em gel, que substitui o alto percentual de água comum a cremes hidratantes por óleos e manteigas. Enquanto outros cremes e loções contêm cerca de 70% de água, que evapora com facilidade, o Gel de Bio-Oil possui apenas 3%. O restante da formulação é composta por óleos, manteigas e umectantes, que hidratam profundamente e permanecem na pele. Com isso, a fórmula se torna 100% ativa. Entre os ingredientes estão a Manteiga de Karité, Ureia, Vitamina B3 e o Ácido Hialurônico. O lançamento foi premiado produto do ano na Itália, Espanha, Reino Unido e França em 2020 e vencedor da categoria produto com melhor inovação na China, Emirados Árabes e Croácia.

Futuro dos ingredientes

Nas previsões da Factor-Kline, os próximos anos são promissores para os ativos que promovem o equilíbrio e a proteção do microbioma da pele, como os prebióticos, probióticos e pós-bióticos. Já nas formulações antienvelhecimento, há uma busca crescente por produtos e ativos de efeito imediato, que promovam benefícios logo após a primeira ou segunda aplicação, por exemplo.

Juliana Bondança Pereira, gerente de projetos da Factor-Kline

Quanto à multifuncionalidade, a Factor-Kline analisa que ela se encontra na complementação do efeito protetor sobre a pele, mais especificamente, produtos que atuam sobre os danos causados por agressões externas. “Com base nisso, os ativos antioxidantes que protegem a pele dos danos causados por esses fatores s tornam fundamentais para o desenvolvimento de qualquer formulação facial”, afirma Juliana Bondança Pereira, gerente de projetos da Factor-Kline.

A Factor-Kline também aposta no aumento da demanda por ativos à base de plantas, com a busca de processos de extração mais limpos e sustentáveis e certificados. Outra tendência são os benefícios emocionais. “O campo dos neurocosméticos está oferecendo uma oportunidade significativa para as marcas de beleza explorarem novas maneiras de conectar seus produtos com benefícios emocionais e psicológicos, não apenas físicos”, prevê Juliana.

Comments are closed.

Parceiros 2020

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros