Visit us on TwitterVisit us on FacebookVisit us on LinkedIn
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Ciência e Tecnologia Destaque PeleL´Oréal usa dispositivos ultrafinos na pele para medir a hidratação e o transporte de calor

L´Oréal usa dispositivos ultrafinos na pele para medir a hidratação e o transporte de calor

  • Written by:

A tecnologia não é novidade para a indústria cosmética. A francesa L´Oréal demonstrou como um dispositivo facilmente aplicável na pele poderia ter um grande futuro na cosmetologia e na dermatologia, permitindo avaliações térmicas de uma forma não-invasiva.

A pele é o maior órgão do corpo, e pode de fato se comunicar conosco para nos “informar” a respeito de sua condição térmica, espessura de sua camada mais externa, etc. Essas informações podem, então, permitir a avaliação da eficiência de princípios ativos utilizados em cosméticos.

Pelo uso de dispositivos parecidos com um Band-Aid, as empresas podem mapear as condições da pele em pontos específicos, de forma a desenvolver produtos com ação específica sobre eles.

“Desenvolvimentos em tecnologia sem fio proporcionarão um caminho para o monitoramento constante das propriedades da pele e suas funções”, disse o time de pesquisadores da empresa.

A L´Oréal, em conjunto com 2 universidades, conduziu o estudo que mediu as relações entre a hidratação da pele e suas propriedades térmicas in vivo em 6 diferentes regiões do corpo (bochecha, antebraço dorsal e ventral, pulso, palma da mão e calcanhar), em 25 indivíduos.

Foi utilizado, para tanto, um dispositivo ultrafino, ou sensor de calor da epiderme, composto por uma pastilha de silicone coberta por um termoplástico transparente, contendo estruturas minúsculas, responsáveis pelas medições.

Um cabo condutor fino e flexível, ligado pelo calor e pela pressão a pads de contato nas extremidades do dispositivo, serve como conexão a computadores externos.

O estudo demonstrou que o método, ao invés de técnicas tradicionais como o infravermelho ou outras técnicas invasivas, pode proporcionar informações intrínsecas do transporte de calor na pele. Isso inclui relações com a vascularização, fluxo sanguíneo, espessura do estrato córneo e nível de hidratação.

O método foi capaz de demonstrar que o transporte de calor na pele não se deve somente ao seu nível de hidratação, mas também a sua estrutura interna específica e a características de seu fluxo sanguíneo.

Trata-se de um método não invasivo, relativamente barato e que não interfere nos resultados, uma vez que não exerce pressão ou calor no local.

Este foi um primeiro estudo nesta área, que certamente servirá de base para muitos outros relacionados ao transporte de calor na pele. A L´Oréal afirma que os próximos estudos serão focados em doenças dermatológicas, tais como melanoma, rosácea e hiperpigmentação, bem como na sua evolução ao longo do tempo.

Comments are closed.

Parceiros 2021

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros

Social Media Icons Powered by Acurax Social Profile Design Experts