Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Empresas & NegóciosProcter & Gamble lança a primeira fábrica mundial para reciclar fraldas

Procter & Gamble lança a primeira fábrica mundial para reciclar fraldas

  • Written by:
Dentro da sua política de sustentabilidade, o grupo Procter & Gamble, através da sua investida Fater, uma joint venture criada junto com o grupo italiano Angelini, apresentou a primeira planta mundial de escala industrial capaz de reciclar 100% das fraldas infantis, produtos de incontinência, higiene feminina e toalhetes.

O projeto nasceu, dentro do Fater, em 2008, e no desenvolvimento da tecnologia levou a uma centena de patentes. Em 2013, a Fater iniciou a colaboração com a Contarina, uma empresa de participação pública dedicada à gestão integral de resíduos de 50 municípios da região de Veneto, Itália, incluindo a província de Treviso, e de que depende a gestão desse primeiro. planta, cujo projeto também teve fundos europeus.

“O desenvolvimento desta tecnologia não é um negócio per se para a Fater, é um serviço”, diz Jordi Ballesté, CEO da Angelini Consumer Goods, Alimarket. “Desenvolvemos a tecnologia dentro do compromisso de sustentabilidade do grupo. A estratégia é terminar o encerramento do círculo, disponibilizando a terceiros ferramentas para evitar a contaminação. Fornecer essa tecnologia para que outros gerenciem”.

Como é concebida, a filosofia do projeto não é fazer uma macro planta para centralizar a reciclagem de uma grande área, mas montar uma linha capaz de reciclar cerca de 10 mil toneladas de produto por ano, atendendo a uma população de 1 milhão de habitantes. E isso pode ser replicado quantas vezes forem necessárias. Entre outros fatores, isso é influenciado pela necessidade de coleta seletiva.

“Devemos tentar responder às demandas dos cidadãos em termos de cobrança”, diz Marcelo Seoane, engenheiro responsável pela tecnologia, “e tentar implementar um sistema que permita uma freqüência de coleta suficiente para evitar o acúmulo de odores nas casas . Porque a colaboração do consumidor é essencial”. Nesse sentido, o sistema de abastecimento pode variar de acordo com os diferentes países em que as plantas estão instaladas e, mesmo, de acordo com as diferentes zonas, embora seja fundamental, em qualquer caso, a conscientização do consumidor, separar as fraldas, e o resto de derivados de celulose, produtos que, em qualquer caso, são reciclados separadamente, uma vez que é necessário sujeitá-los a um processo diferente, de acordo com Jordi Ballesté.

A dinâmica da linha de reciclagem compreende 4 etapas, totalmente automatizadas, na qual não é necessário que qualquer operador toque o produto.

A Fater continua trabalhando na reciclagem das águas que constituem, no momento, o único elemento residual do processo, e que contêm componentes como o fósforo. Para isso, mantém um acordo de colaboração com uma empresa alemã especializada em gerenciamento de resíduos.

A alta qualidade dos produtos utilizados para fazer as fraldas, que devem estar em contato com a pele do bebê, resulta em plástico e celulose de fibras longas, com múltiplas aplicações na indústria. Na verdade, a reutilização deste plástico é possível tanto no mobiliário escolar, playgrounds urbanos, tampas para garrafas de detergente, pallets para o transporte de materiais e outros tipos de artigos de plástico. No caso da celulose, a sua reutilização pode levar a papéis especiais, biocombustíveis, camas para animais de estimação, nutrientes para a indústria florestal, absorventes industriais, entre outros. Por sua vez, os polímeros superabsorventes podem ter uma segunda vida.

“A gestão dos resíduos, com a venda destes materiais para outras indústrias para reutilização, nos permite continuar trabalhando de acordo com um sistema sustentável nos ecossistemas”, acrescenta Jordi Bellesté. Na verdade, e apesar do fato de que se espera que tenha um forte apoio sob a forma de ajuda externa de instituições, como municípios, para possibilitar a instalação de novas usinas de reciclagem, estima-se que o investimento das empresas responsáveis ​​por sua administração poderia recuperar dentro de 3 ou 4 anos. De qualquer forma, a chave poderia ser, tanto na conscientização quanto na boa disposição do consumidor no momento da reciclagem e na gestão das matérias-primas obtidas.

Cada planta tem capacidade para processar 10 mil toneladas de resíduos por ano, o que economiza cerca de 13 mil m³ de lixo em aterros sanitários e mais de 3.000 t / ano de emissões de CO2.

A Procter & Gamble vem trabalhando na redução da matéria-prima para a produção de fraldas e outros produtos absorventes de forma contínua. Na verdade, nos últimos anos conseguiu reduzi-lo em 70%, com a introdução de polímeros absorventes que possibilitaram a drástica redução da celulose, dando origem a produtos com maior valor agregado. Entre as suas principais marcas estão as fraldas Pampers e os produtos de higiene feminina Always e Tampax.

Fonte: Alimarket Espanha

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros