Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.RadarSkip care: como funciona o ritual que resolve a pele em dois passos

Skip care: como funciona o ritual que resolve a pele em dois passos

  • Written by:

Quando as coreanas apresentaram ao mundo seus longos rituais de skincare, abriu o coração para uma infinidade de novos tipos de produto que fazem parte da tendência. Mas, aos poucos, diferenças culturais, o peso no bolso e o pouco tempo para encarar 10 passos de manhã e outros 10 à noite foram colocando o processo em xeque.

Na contramão das rotinas repletas de produtos, há um movimento de beleza chamado skip care, que incentiva “pular” parte desses cuidados. Mas aqui o pular não é deixar de fazer, mas simplificar. E o mais interessante: nasceu justamente entre as coreanas. E eis que agora está entre nós. A ideia é reduzir o tempo em frente ao espelho e o número de produtos consumidos e focar no que que é realmente necessário para ter uma pele saudável.

Mas, do ponto de vista da saúde, é possível usar só dois produtos para cuidar diariamente da pele, em uma versão para manhã e outra para noite? Sim, e o segredo para quando acordar está aqui: limpeza com sabonete específico para seu tipo de pele e protetor solar.

“Alguns filtros solares já possuem hidratantes ou substâncias antioxidantes associadas, para hidratação e prevenção do fotoenvelhecimento. Também temos no mercado produtos foto imunoprotetores, ou seja, que são formulados com protetores solares associados a substâncias que ajudam a estimular o sistema de defesa da pele na prevenção ao câncer de pele”, diz Joana D’Arc Diniz, dermatologista e diretora científica da Sociedade Brasileira de Medicina Estética, do Rio de Janeiro.

Para a noite, a dermatologista indica um produto para limpar e outro para prevenir ou tratar o envelhecimento da pele ou, então, somente para hidratar.

Cola nessa ideia

Na rotina matinal, primeiro é preciso encarar a limpeza. Para isso, basta escolher um sabonete indicado para seu tipo de pele. Depois dela, é preciso usar o filtro solar mesmo se você não for colocar o pé na rua, pois a luz da lâmpada, do computador e até do celular afetam a saúde da sua pele. Além de prevenir o câncer, o produto ajuda consideravelmente no combate ao envelhecimento precoce do rosto.

“A higiene adequada e a proteção são fundamentais para melhorar a qualidade da pele, prevenir o aparecimento de manchas, controlar a oleosidade e inclusive proteger a pele contra doenças graves. Nenhum creme para prevenção de rugas é tão eficaz quanto o uso de protetor solar diário, que deve ser reaplicado pelo menos uma vez ao dia”, afirma o dermatologista Franklin Verissimo, de Fortaleza.

E como escolher um para chamar de seu? O pulo do gato é apostar em fatores de proteção altos (acima de FPS 30) e, então, escolher o tipo de textura que combina com sua pele.

“O filtro solar das peles oleosas deve conter veículos mais leves como loções, séruns e géis. A presença de micropartículas de sílica na fórmula ajudam a controlar o brilho ao longo do dia. Já os protetores solares de pele seca devem ser mais cremosos, com agentes de hidratação na fórmula”, recomenda a dermatologista Kédima Nassif, de São Paulo.

Como escolher o que usar à noite

No mundo ideal, uma visita anual ao dermatologista é o recomendado, não só para cuidados de skincare mas para observar manchas e mudanças em pintas. Eles também podem receitar uma fórmula com várias substâncias focadas em sua pele e, assim, concentrar etapas em um só produto, deixando a rotina prática e certeira.

É ele também que vai definir se, à noite, sua pele pede só uma hidratação ou se é hora de investir em ingredientes anti-idade. Mas se você quiser escolher nas prateleiras da farmácia, primeira observação: há ativos específicos para peles secas, oleosas e mistas, portanto escolha o veículo usado para ação delas. Esse é um passo importante para não acabar deixando a pele sobrecarregada ou com falta de nutrição.

O hidratante deve ser aplicado tanto na pele seca como oleosa. A diferença? Na oleosa, indicam-se os mais fluidos que tenham água na formulação e, para as secas, os em creme são a melhor pedida.

Depois de escolher a textura do seu produto, vamos para os ativos de tratamento. A dermatologista Joana D’Arc destaca as substâncias preferidas dos médicos especialistas para formulação: “Ácido retinóico, que atua no controle da oleosidade, e ácido glicólico, que deixa a pele mais firme. Contra manchas, vitamina C, que também tem poder hidratante”.

Para uma rotina rápida e eficiente

Pele seca
Manhã: sabonete para pele seca + fotoprotetor com hidratante
Noite: sabonete para pele seca + hidratante com antioxidantes

Pele oleosa
Manhã: sabonetes para pele oleosa + fotoprotetor com controladores de oleosidade
Noite: sabonete para pele oleosa + sérum ou gel com substâncias controladoras da oleosidade

Pele mista
Manhã: sabonetes para pele normal + fotoprotetor para peles oleosas
Noite: sabonete para pele normal+ hidratante em gel

Quer mais que hidratação?

Ácido retinóico ou tretinoína: são derivados da vitamina A. Agem no aumento da produção de colágeno e elastina e, por isso, deixam a pele mais firme e podem reduzir rugas. O retinóico ajuda a controlar a produção de queratina nos poros, o que evita o aparecimento de acne. A tretinoína faz uma renovação celular e diminui as irregularidades da superfície da pele.

O ácido hialurônico: um dos principais constituintes da pele, responsável por hidratação e sustentação. Ao longo dos anos, sua concentração no rosto cai e pode ser usado em cremes para aumentar hidratação e firmeza.

O ácido glicólico: em concentrações mais baixas (até 10%), tem ação hidratante e em concentrações mais altas, funciona como esfoliante e renovador celular.

Vitamina C: potente para tratar ou inibir o envelhecimento da pele, também tem ação sobre manchas e pode funcionar como hidratante.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Uol 08.07.2020

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros