Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram

Biotecnologia para couro cabeludo

  • Written by:

Nichos de mercado trazem oportunidades para o desenvolvimento de novos produtos. O nicho em hair care para couro cabeludo apareceu ano passado, quando 54% dos consumidores brasileiros disseram estar preocupados com a saúde do couro cabeludo, segundo o Mintel.

Em 2019, os dados ainda mostram potencial para marcas explorarem a fronteira entre pele e cabelo nos cuidados para o couro cabeludo, visando a uma melhoria na aparência do cabelo. Por exemplo, em países como França, Alemanha, Itália e Espanha, 75-85% das mulheres concordam que cuidar do couro cabeludo pode melhorar as condições do cabelo, ainda segundo o Mintel. Mas poucos produtos fazem essa conexão.

Um dos lançamentos destacados usa ingredientes que estimulam a circulação, promovendo benefícios para o couro cabeludo. Um maior fluxo de sangue ajuda no crescimento de fios capilares mais saudáveis. O uso continuado de um spray contendo 3% de Alpha Glucosyl Hesperidin(AGH) após seis meses mostrou o aumento na massa do fio (Hair Mass Index), conforme a figura abaixo.

E como a preocupação com alergênicos e peles sensíveis é uma constante para o mercado consumidor, a preferência recai em produtos naturais.

A AGH é um ativo biotecnológico natural, cujo uso não implica em problemas como alergias que podem ser causados por outros ingredientes. A biotecnologia cria processos sustentáveis para obtenção de matérias-primas. De fonte natural e sem prejuízo à natureza, um ativo biotecnológico alcança propriedades que, de outra forma, seria muito difícil de se obter. A AGH da Nagase é 100 mil vezes mais solúvel em água do que a Hesperidina, o que torna mais fácil seu manuseio em diferentes formulações.

A AGH, Alpha Glucosyl Hesperidin, é oriunda do Daidai – fruta cítrica asiática cujo storytelling encanta todas as idades. “Daidai” em japonês significa ‘várias gerações’, pois a fruta amadurece mas na primavera volta à sua coloração verde. Dessa forma, pode ficar na árvore por anos sem cair. Apesar de não haver estudo científico de que a Hesperidina é responsável pelo rejuvenescimento do Daidai no pé, todos gostamos de uma bela história que nos faz acreditar que é possível rejuvenescer – não é mesmo?

Veja uma sugestão de fórmula para o couro cabeludo com a AGH

Para mais informações, entre em contato com a Dinaco pelo e-mail [email protected].

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros