Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Destaque Empresas & NegóciosVejo um Brasil sem lideranças hoje’, diz presidente do Grupo Ultra

Vejo um Brasil sem lideranças hoje’, diz presidente do Grupo Ultra

  • Written by:

Um dos principais empresários do País, Paulo Guilherme Aguiar Cunha, presidente do conselho de administração do Grupo Ultra, diz que o Brasil vive uma de suas piores crises. “Eu já vi o País parado e assustado em muitas crises, mas nunca o vi tão sem esperança como vejo hoje.” Para Cunha, a situação pela qual o País passa reflete uma ausência total de líderes. “Nas outras crises, a gente tinha lideranças, seja da oposição ou da situação.”

Apesar da desaceleração econômica, Cunha diz que o Grupo Ultra não enfrenta dificuldades. Quarto maior grupo privado do País, o conglomerado atua em cinco importantes negócios – distribuição de combustíveis (dono da Ipiranga), gás de cozinha (Ultragaz), química (Oxiteno), varejo farmacêutico (Extrafarma) e logística (Ultracargo).

Na contramão de muitas indústrias, Cunha afirmou, em entrevista ao jornal o Estado de S. Paulo, que o Ultra vai manter seus investimentos – em torno de R$ 1,4 bilhão este ano, o mesmo montante do ano passado – e está interessado em ativos da Petrobras, como a Liquigás e a BR Distribuidora. Em relação a como a crise tem afetado grupo, uma vez que, segundo o executivo, o grupo Ultra está indo bem, apesar de tudo, Cunha diz que há o problema do mercado e que a demanda sempre se sustenta. “A recessão está aí e vai piorar. Isso é uma parte. Não sabemos até onde vai parar. Tivemos a notícia de que nossa nota foi revista. Por quê? Porque o Brasil foi rebaixado, mas não tem nada a ver com o grupo. (Em julho, a agência Standard & Poor’s manteve em BBB- a nota de crédito do Brasil, mas alterou a perspectiva para negativa. A agência também revisou notas de grandes empresas, entre elas a do Ultra, que se manteve em BBB, uma nota acima da do Brasil, mas com revisão para negativa).

O executivo afirma que isso ainda não prejudicou o Ultra. Em relação a captações, o executivo diz que para o grupo ainda não está difícil. “Não estamos precisando de tanto dinheiro assim no momento. A empresa está em áreas consideradas resilientes e que não oscilam tanto. Diz que os negócios do Ultra estão indo bem e vão continuar firmes. “Aprendemos muito com as crises brasileiras ao longo do tempo. Escolhemos setores que não são tão afetados. O Brasil está muito mal. Está parado, está assustado. Já vi o Brasil parado, assustado em muitas crises, mas nunca vi o País tão sem esperança como hoje. A falta de esperança não é só para o setor empresarial, com a definição de investimentos. Tem a questão toda do País mesmo.”, diz.

Ainda assim, o executivo do Ultra avalia que o Brasil vai encontrar uma solução, mas “não vai ser logo”. E justifica: “é pela ausência total de lideranças”. Fala que, nas outras crises, o País tinha lideranças, seja da oposição ou da situação. Que tinha mais gente pensando no Brasil. “Hoje vejo pouca gente pensando no Brasil, e mais em Brasília. A equipe não tem liderança.

Cunha considera que, no Brasil, em geral, há uma visão errada da presidência da República. “Atribuímos ao presidente uma capacidade enorme de fazer o bem. Mas, na realidade, ninguém tem capacidade nenhuma de fazer o bem sozinho. Tem de se articular, juntar pessoas, alas empresariais, o coração da sociedade, pessoas dentro do governo e do Congresso. Isso está completamente ausente. Não há nenhuma capacidade do governo de se articular. A qualquer instante uma palavra errada, uma mandioca aqui, uma imagem acolá… Uma menção errada pode causar um mal enorme ao País. Por outro lado, a própria oposição está descaracterizada. Inclusive o PSDB se “desafirmou”. Para mim, acabou na votação do ajuste fiscal, meio perdido entre interesses imediatistas de Aécio Neves e de pedaços do PMDB. Não vejo dentro da oposição líderes pensando no Brasil. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros