Visit us on TwitterVisit us on FacebookVisit us on LinkedIn
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.RadarVendas online representam menos de 5% do total do mercado de luxo, diz relatório

Vendas online representam menos de 5% do total do mercado de luxo, diz relatório

  • Written by:

A Adyen, plataforma de tecnologia financeira preferida de empresas líderes, em parceria com a Euromonitor International, instituto de pesquisa de mercado global, acaba de divulgar o Relatório Varejo de Luxo.

O estudo mostra que em 2021 o setor triplicou o valor de vendas online quando comparado com o período pré-pandemia, mas, ainda assim, representa menos de 5% do total vendido pelo varejo de Luxo no Brasil.

Contrariando a crise econômica, o mercado de luxo no Brasil cresceu 10,8% em relação a 2020 e alcançou um valor de vendas estimado em R$13,9 bilhões em 2021, a partir dos números da Euromonitor International. Mesmo em ascensão, o relatório indica que o setor precisa avançar na digitalização e tem espaço para expansão online. Para Thais Fischberg, VP de Produtos da Adyen, estar em múltiplos canais é uma exigência do novo consumidor. “Por muito tempo o mercado de luxo viu os canais digitais como algo antagônico à experiência premium, mas a pandemia mostrou que esse é um caminho sem volta, e que com a tecnologia certa, é possível entregar personalização em todos os canais”, diz.

O WhatsApp se destacou como uma das poucas ferramentas encontradas para solucionar o dilema da “venda à distância vs. personalização”. De acordo com João Garcia, gerente da Euromonitor que produziu a pesquisa, as vendas online devem ganhar mais relevância no país e a omnicanalidade vem como solução para impulsionar o setor. “O mercado de luxo precisa evoluir digitalmente para continuar crescendo e plataformas que integram a jornada de compra nos ambientes físico e digital são o caminho”, diz. O valor de vendas do segmento de luxo no Brasil ainda está longe de outros países como EUA, China e França, mas tem bastante espaço para ser explorado.

A pandemia fez com que os consumidores brasileiros de alta renda, acostumados a fazerem suas compras em outros países, as fizessem no Brasil. A presença desses clientes no país aumentou o nível de consumo local.

Segundo o relatório, para continuar crescendo no mundo digital, o setor precisa integrar operações, identificar o perfil do cliente em diferentes canais e acompanhar a jornada de compra que pode ocorrer tanto online, quanto offline.

 

 

 

 

Fonte: Fashion Network 09.06.2022

fsmip_meta_s_enable_floating:
yes
fsmip_meta_s_enable_post_icons:
yes

Comments are closed.

Parceiros 2021

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros

Social Media Integration Powered by Acurax Wordpress Theme Designers