Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Cosmetic Innovation - Know More. Create More.Destaque FragrânciasQuestão de gênero – o novo masculino e feminino em fragrâncias

Questão de gênero – o novo masculino e feminino em fragrâncias

  • Written by:

A divisão entre os dois sexos está sendo cada vez mais imposta no mundo das fragrâncias finas.

Há décadas, o perfume é anunciado e vendido para nós em duas categorias: para homens e para mulheres. Na cultura ocidental, há muito se acredita que aromas densos ou amadeirados devem ser usados por homens e aromas doces e florais, por mulheres.

Essa noção arcaica tem sido desafiada nos últimos anos, com os aromas femininos que agora incorporam qualidades mais masculinas com nuances mais frescas e aromáticas. A mais recente fragrância de Kenzo, World Power (2019), por exemplo, desafia as regras femininas por não incluir nenhum floral. Sua composição é uma mistura aromática amadeirada de sal marinho, cipreste verde perfumado e fava tonka “gourmand”, que surpreendentemente cria uma animada energia masculina. Outros exemplos de lançamentos femininos que receberam sal em suas interpretações olfativas incluem Olympéa de Paco Rabanne (2015), J’Adore in Joy de Dior (2017) e Eau de Merveilles Bleue (2016) de Hermes.

Por outro lado, as fragrâncias masculinas apresentam notas mais doces de cacau, café, baunilha e bebidas quentes para favorecer e oferecer calor ao perfume. Juntamente com madeiras opulentas e especiarias picantes, as notas “gourmand” adicionam uma sofisticação sensual com uma característica viciante. Essas nuances fortes e ousadas são melhor encontradas no Boss the Scent Private Accord (2018) de Hugo Boss, que inclui notas de cacau e café e no Pour Homme Amber Fever de Azzaro (2018).

“Nos EUA, 69% dos iGens entre 18 e 22 anos usaram ou estão interessados em usar produtos de beleza sem gênero”.

Fonte: Lightspeed / Mintel; Economic Times; YourStory

Esse estereótipo olfativo de longa data está desaparecendo rapidamente, à medida que a era moderna de neutralidade de gênero e da igualdade de sexos abre caminho para a fragrância sem gênero. Isso dá liberdade de escolha de uma fragrância que não se destina especificamente a um determinado sexo, mas se adequa ao estilo e aos gostos de cada indivíduo. Todo tipo de perfume, até o mais feminino, pode ser colocado sob a categoria de fragrâncias unissex.

Aparecendo pela primeira vez na década de 90, o icônico CK One (1994) de Calvin Klein abriu o caminho para um “novo” gênero com sua fascinante inclusão de sucesso. Sua abordagem “um por todos” demonstrada em sua campanha de marketing e, mais importante, seu perfume, não muito floral nem muito frutado, com um equilíbrio harmonioso de frutas cítricas frescas, florais e almiscarados. CK One ajudou a redefinir e preparar o caminho para as empresas de fragrâncias que estão adaptando seus produtos para alcançar um público mais diversificado e atender às necessidades de todos os grupos.

Segundo a Mintel, a participação de produtos unissex nos lançamentos globais de fragrâncias cresceu 9,5-11,9% entre 2015-16, enquanto as marcas responderam à nova demanda genderless.

Fonte: Relatório Mintel: O Futuro da Fragrância

Conglomerados como L’Oréal e Estee Lauder estão adquirindo marcas de nicho para preencher as lacunas de seus portfólios, ajudando a expandir a popularidade desses players. Marcas como Le Labo, Tom Ford, Byredo e Jo Malone são apenas algumas marcas populares entre os concorrentes que acumularam muitos seguidores devido aos seus aromas únicos e sem gênero. Misturas de acordes semelhantes a chá, nuances de água / salgada como spray do mar, que raramente eram vistas nas fragrâncias femininas, e amadeiradas, são apenas algumas das várias formas olfativas em que a fluidez de gênero está evoluindo.

Até hoje, a maioria dos perfumes ainda são criados e comercializados com base no gênero e no perfil social e econômico. Das imagens publicitárias representadas até a estrutura da embalagem, esses códigos evidentes e sutis ainda existem. Felizmente, o perfume é o único fator que permanece subjetivo e pessoal, sentimentos e emoções são o que mais importam. A fragrância é o que guia nossas escolhas e a mágica está na essência!

Com 260 anos no mercado, a Sozio é uma das pioneiras no setor de perfumaria fina francesa. Desenvolve fragrâncias e tecnologias olfativas customizadas para clientes com base na previsão de tendências e estudos de mercado.

Para mais informações sobre a Sozio, clique aqui.

A Sozio é distribuída no Brasil pela Dinaco. Entre em contato com a Dinaco pelo e-mail [email protected].

Agradecemos a leitura, compartilhe!

Home

Categorias

Nossos Portais

Parceiros